E a dor de barriga?

Pitter Ellwanger 17/08/2019
pitter@jornaldoisirmaos.com.br

pitter@jornaldoisirmaos.com.br

Às vezes eu queria não ser eu.
Queria ser outro, mas sem precisar deixar de ser eu. 
Entende? Não? Pensando bem...


Bipolar, frio polar, por mim podíamos pular esse inverno... Que inferno! Tosse, coriza, às vezes qualquer brisa já inferniza. Mas seria injusto eu, com 30 e muitos, reclamar do frio extremo. Afinal, quem mais sofre nesta época do ano são justamente os extremos: crianças e idosos. Além do mais, a temperatura baixa destes dias é questão passageira, pontual, produto da estação – hoje já fez um calorzinho de novo! No clima, a questão maior e mais urgente é global: quando, de fato, vamos nos preocupar com o aquecimento do planeta?
Para muitos, tudo parece um reino tão, tão distante... Ledo engano! Não acredito que estamos diante de um medo enganoso, amplificado ou subestimado conforme a direção dos ventos de interesses variados. A situação está mais para danosa, principalmente se continuar sendo desconsiderada por quem deve considerar todas as possibilidades – sempre! Nossa maior dificuldade, como indivíduos, é entender a importância de fazer a parte que nos cabe, mesmo sabendo que não seremos parte do futuro que colherá os frutos (contaminados ou não) de nossas ações. Somos imediatistas e autofágicos. Até pensamos no amanhã, que é domingo, mas não no amanhã. 


*
Eis alguns sinais que gritam:
- No dia 29 de julho, a Terra atingiu o ponto máximo de uso de recursos naturais que poderiam ser renovados sem custo ao ambiente em 2019. A estimativa é da Global Footprint Network, organização internacional que contabiliza o quanto é usado para as necessidades de um indivíduo ou de uma população. O cálculo mede a área terrestre e marinha necessária para produção de todos os recursos consumidos a ponto de que o planeta ainda consiga se regenerar. Em 2019, a humanidade atingiu a data-limite três dias antes do que em 2018 — e mais cedo do que em toda a série histórica, iniciada em 1970.
- O planeta bateu novo recorde de emissão de gases de efeito estufa na atmosfera em 2018. Segundo o relatório “Estado do Clima 2018”, divulgado esta semana no Boletim da Sociedade Americana de Meteorologia, a emissão de gases como dióxido de carbono, metano e óxido nitroso seguiu aumentando e, combinados com outros gases conhecidos como halogenados, já têm um efeito de aquecimento 43% maior do que em 1990. 
- O aquecimento global registrado atualmente supera em velocidade e extensão qualquer evento climático registrado nos últimos 2 mil anos. Em artigo publicado na revista Nature, cinco pesquisadores afirmam que nem mesmo episódios históricos como a “Pequena Era do Gelo” – resfriamento acentuado entre os anos 1300-1850 – se comparam ao que está acontecendo agora.
Não é brincadeirinha de tá frio, tá quente... Tá quase queimando. E não é só culta dos maus brasileiros!


*
Apesar do temor crescente de alguns (e descrente de outros), os alertas do aquecimento acelerado instilam fagulhas de esperança, principalmente nas gerações recentes. Na contramão da ostentação virtual e vertiginosa, percebo surgir, ainda que de forma tímida, uma nova compreensão do ‘ser’ com menos ‘ter’. Vai ver é só impressão, desejo. Mas, tenho pra mim que, se o coração sente, os olhos um dia também poderão enxergar. Basta fazer o simples, e o simples costuma ser complicado porque nos obriga a romper a barreira da negação do possível. A impossibilidade de algo muitas vezes é a zona de conforto de que precisamos para não admitir ou pensar nas frustrações. 
Por ora, não me furto ao clichê: só tem jeito se cada um fizer sua parte. Eu já estou fazendo a minha, dia sim, dia não. O problema é a dor de barriga fora de hora...


› Compartilhe

COLUNAS

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

E que a terra te seja leve!

E que a terra te seja leve!

Alan Caldas   30/08/2019

Tolerância intolerável

Tolerância intolerável

Pitter Ellwanger   30/08/2019

Playlist #13

Playlist #13

Pitter Ellwanger   30/08/2019

Isso era no tempo da tua avó!

Isso era no tempo da tua avó!

Alan Caldas   23/08/2019

Sobre desperdício

Sobre desperdício

Pitter Ellwanger   23/08/2019

Playlist #12

Playlist #12

Pitter Ellwanger   23/08/2019

Playlist #11

Playlist #11

Pitter Ellwanger   17/08/2019

Você tem saudade de quê?

Você tem saudade de quê?

Alan Caldas   09/08/2019

Iguais e diferentes

Iguais e diferentes

Pitter Ellwanger   27/07/2019

Playlist #10

Playlist #10

Pitter Ellwanger   27/07/2019

Meio século de esperança

Meio século de esperança

Alan Caldas   19/07/2019

Com o tempo você . . .

Com o tempo você . . .

Alan Caldas   12/07/2019

Na certeza, duvide

Na certeza, duvide

Pitter Ellwanger   12/07/2019

Playlist #9

Playlist #9

Pitter Ellwanger   12/07/2019

Elas sempre sabem

Elas sempre sabem

Pitter Ellwanger   09/07/2019

Playlist #8

Playlist #8

Pitter Ellwanger   09/07/2019

Nunca é demais

Nunca é demais

Pitter Ellwanger   01/07/2019

Playlist #7

Playlist #7

Pitter Ellwanger   01/07/2019

Retalhos

Retalhos

Pitter Ellwanger   21/06/2019

Playlist #6

Playlist #6

Pitter Ellwanger   21/06/2019

Longa vida ao menino

Longa vida ao menino

Pitter Ellwanger   14/06/2019

Playlist #5

Playlist #5

Pitter Ellwanger   14/06/2019

Alguém já viu o bicho da chuva?

Alguém já viu o bicho da chuva?

Alan Caldas   03/06/2019

Rótulos simpáticos

Rótulos simpáticos

Pitter Ellwanger   01/06/2019

Playlist #4

Playlist #4

Pitter Ellwanger   01/06/2019

A culpa é do celular

A culpa é do celular

Pitter Ellwanger   29/05/2019

Playlist #3

Playlist #3

Pitter Ellwanger   29/05/2019

Playlist #2

Playlist #2

Pitter Ellwanger   21/05/2019

Querer é poder?

Querer é poder?

Pitter Ellwanger   21/05/2019

Muito a evoluir

Muito a evoluir

Pitter Ellwanger   18/04/2019

Playlist #1

Playlist #1

Pitter Ellwanger   18/04/2019

FOTOS DO DIA

Só pelo feriado – Companheiro de todas as horas também merece descanso (Foto: Thaís Lauck)

  • JDI assinatura
  • JDI classificados

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS