Secretaria da Saúde orienta sobre protocolos de atendimento da Covid-19

02/07/2020
Unidade de Apoio Corona fica junto ao Posto 24h

Unidade de Apoio Corona fica junto ao Posto 24h

Em transmissão pelo Facebook, na última terça-feira (30), a prefeita Tânia da Silva e a médica Maristane Strada, coordenadora da Estratégia da Saúde da Família da Secretaria de Saúde de Dois Irmãos, falaram sobre os protocolos de atendimento e tratamento do coronavírus no município. 


Importância do afastamento
De acordo com Maristane, quando a pessoa apresentar sintomas de gripe, inicialmente deve ligar para o Disque Corona (99978-4470), que vai orientar sobre a necessidade de ir ou não até uma unidade de saúde. “Ao chegar na unidade, é feita uma avaliação se a pessoa tem síndrome gripal ou não e quais os critérios de gravidade. Dificuldade respiratória já entra como sintoma mais grave”, comenta. A orientação é que todas as pessoas com síndrome gripal, seja ela forma leve, moderada ou grave, devem ser afastadas por 14 dias. “Hoje, gripe é igual a afastamento, independente se é por coronavírus ou não. Inclusive os familiares com quem se tem contato devem ficar em isolamento domiciliar. O afastamento deve ser cumprido, independente de fazer ou não exame para diagnóstico do coronavírus”, reforça a médica.


Dois tipos de exames
Maristane destaca que basicamente são feitos dois exames para diagnóstico de Covid-19. “O chamado PCR é a pesquisa de material genético do vírus no aparelho respiratório do indivíduo com sintomas. Vai haver material genético no aparelho respiratório do 3º ao 5º dia dos sintomas. Precisa ter a presença do vírus para ter carga genética presente, então, no máximo até o 7º dia é fase aguda da doença. Preferencialmente, a coleta deve ocorrer do 3º ao 5º dia dos sintomas e no máximo até o 7º”, afirma. 
Já o teste rápido é a pesquisa dos anticorpos. Ele é chamado de rápido porque o resultado sai em 15 minutos, mas não pode ser feito logo que aparecem os sintomas. “Uma vez que o corpo entra em contato com o vírus, vai produzir anticorpos, mas precisa de um tempo para serem produzidos e detectados pelos testes. Os anticorpos são produzidos do 5º ao 7º dia e detectáveis a partir do 10º”, explica. “Não há obrigatoriedade de fazer o teste em alguém que teve contato familiar, a não ser que apareçam os sintomas. A orientação é de que a pessoa cumpra o isolamento”, acrescenta a médica.


Reunião com médicos
Mais cedo, na terça, Tânia e Maristane também trataram do assunto em reunião na prefeitura com médicos da atenção primária. Participaram do encontro os médicos Paulo Strada (diretor técnico da Secretaria de Saúde), Yoandra Yanely de La Cruz Arias, Lívia Fraga, Juliana Viegas e Carolina Schwantes.
A prefeita lembrou que os casos seguem aumentando no município e voltou a destacar a importância de seguir os protocolos sanitários, como uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações. “Os nossos profissionais da saúde, falando em relação a toda região, também já estão adoecendo por Covid-19, e isso é uma grande preocupação. Pode chegar o momento em que teremos espaços físicos, mas não teremos profissionais suficientes para atender”, concluiu Tânia.


› Compartilhe

COLUNAS

Assumir a responsabilidade que compete

Assumir a responsabilidade que compete

Coluna da Fé   06/08/2020

Devagar mas sempre

Devagar mas sempre

Coluna da Fé   06/08/2020

Condição irrecusável

Condição irrecusável

Coluna da Fé   04/08/2020

FOTOS DO DIA

Lua cheia de graça (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela