Com as aulas suspensas, escolas proporcionam estudos e tarefas em casa

03/04/2020
Garotada do Colégio Imaculada Conceição

Garotada do Colégio Imaculada Conceição

Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), escolas suspenderam as aulas presenciais em Dois Irmãos, visando garantir a segurança de alunos, professores e funcionários. 
Na tentativa de minimizar os impactos no ano letivo, o Colégio Imaculada Conceição e as escolas estaduais Affonso Wolf e 10 de Setembro estão propondo atividades à distância, que podem ser realizadas pelos alunos sem sair de casa, atendendo a orientação do isolamento social. Nas três instituições de ensino, as atividades são validadas como dias letivos. 
Diretora do Colégio Imaculada Conceição, no Centro, Shirley Backes destaca que a iniciativa está dando certo, graças ao empenho da comunidade escolar. “Na primeira semana foi um desafio muito grande, para as famílias, alunos e professores, pois todos tiveram que se abrir ao novo, ao desconhecido e para aquilo que não faz parte da rotina diária. A colaboração das famílias, com sugestões e críticas, neste processo foi fundamental para que, nós como escola, pudéssemos fazer ajustes e melhorar de forma significativa as atividades domiciliares”, diz ela, afirmando, porém, que nada substitui a escola. “Ela é um espaço de socialização, de trocas, de vibração, do coletivo, e isto é fundamental para o desenvolvimento do ser humano como um todo. Estamos com muita saudade desta rotina, do pulsar dos alunos, da alegria deles, das aprendizagens, vivências e trocas”, comenta.
Na escola estadual técnica Affonso Wolf, no Vale Verde, a soma de esforços entre alunos e educadores também vem dando certo. “Logo após o decreto do Governador do Estado, foram tomadas medidas na escola”, destacou a vice-diretora Shirlei Wagner Loeser, comentando que professores passaram nas salas e deram orientações aos alunos sobre os estudos domiciliares. Na escola, o principal canal de comunicação entre estudantes e professores é o Classroom, sala virtual do Google, onde são postadas as atividades. “Além disso, as turmas estão se comunicando através de grupos no WhatsApp”, diz Shirlei. Os grupos são acompanhados pelos professores. “Além disso, foi proposto aos alunos o desenvolvimento de um projeto de pesquisa ao longo deste período de estudos à distância”, completa. 
Assim como os alunos, os professores também precisam informar os conteúdos e atividades propostas através de um aplicativo do Governo do Estado. Segundo Shirlei, a escola também está realizando postagens na sua página no Facebook, com dicas de professores e atividades realizadas pelas turmas, com o objetivo de tornar este período mais dinâmico. “Estamos buscando estratégicas para dinamizar um pouco a nova realidade que temos no momento, que é o estudo a distância. Fomos pegos desprevenidos; por mais que o cenário mundial se desenhava para algo nesse sentido, foi tudo muito rápido. O decreto foi lançado na segunda e tínhamos até quinta para organizar as coisas”, finaliza Shirlei. 
Assim como nas demais escolas, a 10 de Setembro também precisou se reorganizar rapidamente, para dar andamento às atividades. “Dia 17 soubemos da suspensão, que valeria a partir do dia 19”, comenta a diretora Andrea Blume, informando que alguns professores desenvolveram tarefas e disponibilizam aos alunos, para as duas semanas posteriores; enquanto os demais estão optaram por propor atividades online, aos poucos. “Estamos vivendo uma situação totalmente nova, difícil em todos os sentidos”, comenta.


Imaculada Conceição
No Imaculada, as aulas estão suspensas por tempo indeterminado. Enquanto isso, os professores seguem proporcionando atividades pelas plataformas digitais. Uma das ferramentas é o ClipEscola, aplicativo usado desde 2018 e que promove interação entre família e escola. Além deste, há também o Positivo On, onde estão disponibilizados livros didáticos online. O e-mail também está sendo utilizado.  
Professora de História, Andréia Kich Dessian está realizando uma série de tarefas com as turmas do 6º ao 9º ano. “Estamos nos reinventando. É uma experiência nova, mas muito bem pensada”, diz ela, afirmando que as principais preocupações são com a qualidade e clareza na comunicação com os alunos, para que possam realizar as atividades com tranquilidade. “Precisamos reinventar o fazer pedagógico”, conta Andréia, que vem utilizando também links no Youtube e vídeos criados por ela mesma para abordar conteúdos. Além das plataformas citadas anteriormente, a professora também utiliza o Padlet, que é colaborativo. “É possível construir murais, linhas do tempo... Já é utilizado em sala de aula e agora está sendo um ótimo canal para acompanhar as ações deles a distância”, completa, destacando que todos estão empenhados na realização das tarefas. 
Camila Vitória Jaeger, professora da Educação Infantil, turma Pré Nível 2, vem propondo atividades que envolvam toda a família. “Sabendo que a família é o primeiro grupo social da criança e pensando no fato de estarem todos em casa nesse momento de quarentena, estou desenvolvendo atividades de envolvimento familiar”, diz ela, contando que a primeira delas foi sobre a história “Menina Bonita do Laço de Fita”, de Ana Maria Machado. “O coelho admira muito a cor da menina. E, ao longo da história, ele descobre que a menina é negra por obras da avó, ou seja, que isso é uma herança genética dela. Partindo dessa linda história, sugeri que as famílias criassem uma árvore da sua família”, conta, orgulhosa do resultado. “Para a realização da atividade, eles puderam escolher fotos. Sugeri que o momento fosse realizado em família, que pudessem olhar fotos, relembrando, revivendo os momentos em que elas foram tiradas”, destaca Camila, que também propôs a elaboração de um livro contando a história da família, atividade sobre as casas e sobre a letra inicial dos nomes de cada um. 

Affonso Wolf
Na Affonso Wolf, a suspensão das aulas presenciais vai até 30 de abril, seguindo decreto do Governo do Estado. Assim como no Imaculada, as aulas estão ocorrendo através de plataformas online, como o Classroom, citado pela vice-diretora Shirlei. 
Uma das professoras que utiliza a ferramenta é Márcia Johann, das disciplinas de Projeto de Vida, Língua Portuguesa, Literatura e Ensino Religioso. “Os alunos estão se empenhando bastante, entregando mais trabalhos agora do que antes, quando tinham aulas presenciais”, comenta, elogiando a atuação do grupo de professores e o empenho dos estudantes. “Percebo que os alunos estão gostando das atividades e orgulhosos do nosso empenho”, completa.
Segundo Márcia, cada tarefa tem data e horário de entrega, exigindo que os alunos cumpram as atividades e estabeleçam uma rotina de estudos, mesmo em casa. “Tenho atividades propostas até esta primeira semana de abril”, diz ela, comentando que as turmas estão trabalhando com análise e produção textual, gravação de vídeos com ações protagonistas e atividades com músicas antigas e atuais, por exemplo. “Também disponibilizei diversas dicas de leitura aos alunos”, completa. 



 


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Somos todos necessitados

Somos todos necessitados

Coluna da Fé   28/05/2020

Reenquadrar

Reenquadrar

Coluna da Fé   26/05/2020

Bolo de laranja

Bolo de laranja

Gastronomia   25/05/2020

FOTOS DO DIA

Alguém avisa que não pode ter aglomeração... (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela