Avenida 10 de Setembro leva homenagem ao dia da emancipação

03/05/2019
Abertura total da rua aconteceu na década de 1960

Abertura total da rua aconteceu na década de 1960


A Avenida 10 de Setembro, localizada do Centro de Dois Irmãos, além de fornecer acesso aos diversos pontos da cidade, carrega consigo muitas histórias e homenagens. Em seu caminho, estão localizados comércios e indústrias, uma infinidade de casas e apartamentos, bem como grandes instituições como a Caixa Econômica Federal, a escola estadual 10 de Setembro e a Paróquia São Miguel.
No dia 10 de Setembro de 1959, Dois Irmãos conquistou a duras penas, tanto políticas como econômicas, sua emancipação político-administrativa em relação à cidade de São Leopoldo. Esse fato, cuja comemoração completará 60 anos em 2019, foi a inspiração para o primeiro prefeito, Justino Vier (in memoriam), decretar não só o conhecido feriado municipal, mas também nomear um das primeiras ruas que estava em construção na época. 
Após a organização do Plano Diretor, avenidas como a 25 de Julho, São Miguel e 10 de Setembro sofreram grandes investimentos e modificações. No início, a 10 de Setembro começou a ser aberta em sua parte central, próximo a onde hoje está a Paróquia São Miguel e Igreja Matriz, em direção às suas extremidades. Somente após alguns anos a rua tomou sua estrutura atual. Justino Vier, em seu livro “História de Dois Irmãos, Presente e Passado” comenta a dificuldade de realizar a abertura devido à quantidade de obstáculos que havia no caminho. “Entre os anos de 1960 e 1963 foi realizada a abertura total da Av. 10 de Setembro, cuja obra exigiu da prefeitura muita mão de obra na remoção de taipas, estrebarias, chiqueiros e cercas”, narra o ex-prefeito.


MORADORES ANTIGOS
José Ari Wickert, morador há 63 anos, narra também um pouco de suas lembranças de juventude em relação à avenida, e comenta um pouco sobre a estrutura municipal daquela época. “Eu moro há 63 anos nesta rua. Quando éramos menores, ela sequer existia. Para chegar em casa, descíamos a Av. São Miguel e passávamos por uma estradinha aberta na lateral, que ficava ao lado de um galpão. Além disso, ao redor de casa só havia dois vizinhos e um armazém. O resto, aos arredores, eram potreiros, hortas e campos para criação de gado”, relembra.
Ainda corroborando a afirmação do ex-prefeito Justino, José Ari relembra como a prefeitura necessitou mudar uma casa que estava no lugar onde hoje está a avenida, necessitando deslocá-la alguns metros para trás. “Essa casa que fica um pouco mais para cima, logo em frente, ficou no meio do caminho, impedindo a continuidade da obra. Depois de algum tempo, eles conseguiram reconstruí-la alguns metros para trás, dando continuidade à obra”, conta. Após sua abertura completa, a 10 de Setembro permaneceu, durante um longo período, como uma estrada de chão batido, tendo poucos moradores. “Quando começamos a construir, a rua já havia sido aberta completamente. No entanto, não havia praticamente nada. Em frente de casa só havia potreiros e, se me lembro bem, um ou dois vizinhos ao lado. Naquela época era ainda tudo muito precário”, comenta Victor Korndorfer, morador há 52 anos.
Hoje, já com asfalto em grande parte de sua extensão, a avenida possui fluxo de carros elevado.  A atual moradora Marta Luiza Junges conta um pouco de como é viver no centro movimentado da via. “Morando aqui há 13 anos, eu percebo que o fluxo de carros e de pessoas é cada vez mais intenso. A 10 de Setembro tornou-se uma das principais avenidas de Dois Irmãos e todos sabemos de sua importância para o acesso dos nossos afazeres no dia a dia. No entanto, dependendo da localização e do gosto pessoal, não é um dos melhores lugares para morar devido ao barulho”, descreve ela.


Leia a matéria completa na edição impressa de terça-feira (30).


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

E a dor de barriga?

E a dor de barriga?

Pitter Ellwanger   17/08/2019

Playlist #11

Playlist #11

Pitter Ellwanger   17/08/2019

FOTOS DO DIA

Balões coloridos para brincar com a imaginação (Octacílio Freitas Dias)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela