Morro Reuter é finalista de prêmio da Famurs com projeto CineCras

04/07/2019
Oficina trabalha com crianças e adolescentes

Oficina trabalha com crianças e adolescentes

Morro Reuter está entre os finalistas do Prêmio de Boas Práticas na Gestão Pública Municipal, organizado pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). A premiação conta com 30 finalistas, entre 370 projetos inscritos de todo o Estado em dez áreas. O município participa na área Assistência Social, e foi indicado pelo projeto CineCras, que oferece oficinas gratuitas de cinema a crianças e adolescentes. A entrega da premiação acontece nesta sexta-feira (5), em Bento Gonçalves, durante o 39º Congresso de Municípios do RS, quando será conhecida a colocação de Morro Reuter – 1º, 2º ou 3º lugar.
O Prêmio Boas Práticas na Gestão Pública Municipal identifica, reconhece, dissemina e estimula a realização de práticas bem sucedidas, inovadoras e replicáveis, desenvolvidas pelas administrações municipais, que contribuam para implementação de políticas públicas locais nas mais diversas áreas. Participam da premiação projetos executados de janeiro de 2018 a fevereiro de 2019 e que contribuíram de forma efetiva e comprovada nas áreas da agricultura, assistência social, comunicação social, cultura, turismo e lazer; educação, fazenda, meio ambiente, saúde, segurança pública e mobilidade urbana e trânsito. São selecionados três projetos por área.
Na área de Assistência Social, pela qual Morro Reuter foi indicado, podem concorrer projetos que promovem boas práticas na categoria Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Entre os critérios de avaliação estão impacto social, custo-benefício, inovação, criatividade, estratégia e planejamento. Os projetos finalistas por área receberão troféu, placa de homenagem e certificado de participação, conferindo o título de 1º, 2º e 3º lugares.



SOBRE O CINECRAS

Realizado desde 2016, o projeto CineCras oferece oficinas gratuitas de cinema, em que os estudantes aprendem todo o processo, desde produção, edição e atuação nos filmes de curta metragem. A proposta é estimular e orientar crianças e adolescentes na construção e reconstrução de suas histórias de vivências individuais e coletivas, na família e comunidade, além de promover e ampliar trocas culturais, desenvolver o sentimento de pertença e de identidade, fortalecer vínculos e incentivar a socialização. Atualmente é realizado às segundas-feiras, em dois turnos, no Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Morro Reuter.
O Cinecras já recebeu diversas distinções. Teve produção premiada em 1º lugar na categoria Direção de Arte e 1º lugar na categoria Som Direto, no 2º Congresso Brasileiro de Produção de Vídeo Estudantil (São Leopoldo -2017); Prêmio Kuleshov e menção honrosa ao oficineiro pelo desenvolvimento da linguagem cinematográfica em espaço sócio-formativo comunitário, no 3º Festival Internacional de Cinema Escolar de Alvorada (2017). Também foi premiado como o melhor Filme no 4º Festival Internacional de Cinema Escolar de Alvorada (2018). Além disso, em 2016, um filme produzido no Cinecras participou da mostra estudantil do 44º Festival de cinema de Gramado.


(Fotos: Divulgação / PMMR)


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

Direitos Humanos

Direitos Humanos

Coluna da Fé   04/12/2019

Misericórdia

Misericórdia

Opinião   27/11/2019

FOTOS DO DIA

Torcedor raiz – Grudado no alambrado para não perder um só lance (Foto: Thaís Lauck)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela