Reunião entre governo do Estado e FGF pode direcionar futuro do Gauchão

05/05/2020
Fonte: GaúchaZH

Fonte: GaúchaZH

A reunião da tarde desta terça-feira entre Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e governo do Estado poderá dar um norte ao futuro do Gauchão e até do esporte como um todo no Rio Grande do Sul. O resultado desse diálogo, marcado para começar às 15h30min, será transportado aos clubes em conversa prevista para quarta-feira. 
Mais do que tudo, a expectativa entre os dirigentes é de que saia pelo menos uma previsão de data para o recomeço dos jogos. É a partir dela que os clubes definirão o cronograma de retorno às atividades, e o que será preciso no passo a passo, desde a reapresentação até a gradual volta dos treinos coletivos e das partidas. Uma das dúvidas a serem esclarecidas na reunião é a polêmica sobre a testagem dos envolvidos. No protocolo de prevenção à covid-19 elaborado pela CBF e vistoriado pelo Ministério da Saúde, a necessidade de submeter todos aos exames ficou bem clara. Porém, como se trata de um custo elevado para os padrões do Interior (superior a R$ 10 mil), o desejo dos clubes é de que eles sejam bancados pela FGF. E, segundo o diretor médico da entidade, Ivan Pacheco, a tendência é de que se faça por amostragem com embasamento epidemiológico. Ou seja, seleciona-se 20% dos atletas e executa-se o teste. Essa metodologia é criticada. Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Virologia, Fernando Spilki, isso seria o mesmo que não testar. E o Sindicato dos Atletas poderá entrar na Justiça para impedir o recomeço do campeonato. 
Outro ponto a ser abordado é a liberação de jogos nas cidades envolvidas no campeonato. Para que haja jogos nos estádios dos clubes participantes, é necessário que haja autorização das prefeituras de Porto Alegre, Pelotas, Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Ijuí, Erechim, Novo Hamburgo e São Leopoldo. Até o momento, apenas em Porto Alegre e em Bento Gonçalves estão liberados os treinamentos. O prefeito da Capital, Nelson Marchezan Jr, chegou a citar que considera difícil a realização de partidas em 2020. Como o governador facultou aos municípios a decisão sobre flexibilizações, as medidas de segurança que serão apresentadas precisarão de aprovação dos prefeitos. 
Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, os dirigentes mantêm otimismo de que seja possível retomar os jogos ainda no mês de maio — ou até a primeira semana de junho. Muitos deles, inclusive, pressionam para que haja o recomeço, mesmo que sem torcida, para que possam receber a última parcela da cota de TV. Com o dinheiro, dizem alguns, será possível quitar os últimos débitos com os atletas. O Gauchão foi interrompido quando faltavam três rodadas para o fim da fase classificatória do segundo turno. Depois dela, haverá semifinal e final. Se o Caxias for o vencedor, será campeão por antecipação. Qualquer outro time que vença força uma decisão em dois jogos com o clube da Serra, que ganhou o primeiro turno.

 


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Sociedade líquida

Sociedade líquida

Coluna da Fé   30/10/2020

Senhor, ensina-me a orar

Senhor, ensina-me a orar

Coluna da Fé   23/10/2020

Misericórdia divina

Misericórdia divina

Coluna da Fé   23/10/2020

FOTOS DO DIA

A beleza do beija-flor captado em pleno voo pelo fotojornalista Octacílio Freitas Dias

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela