Comandante regional da BM participa de reunião em Dois Irmãos

09/07/2019
Tenente Elton e coronel Vitor Hugo estiveram na Câmara

Tenente Elton e coronel Vitor Hugo estiveram na Câmara

Nesta segunda-feira (8), antes da sessão, os vereadores tiveram reunião com o comandante regional da Brigada Militar, coronel Vitor Hugo Cordeiro Konarzewski, e com o comandante local, tenente Elton Dhein. O encontro foi uma solicitação do vereador Paulo Cezar Gehrke (PP), e tratou principalmente da necessidade de maior efetivo em Dois Irmãos, reivindicação já levada ao Governo do Estado.
O coronel Vitor Hugo assumiu o Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio dos Sinos (CRPO/VRS) em janeiro passado. Ele informou que a vinda de efetivo já está programada, mas não tem com dizer quantos serão. “O pedido foi feito dentro dos parâmetros da BM e realidade do Estado”, comentou. “Em quase 35 anos de corporação, nunca presenciei tamanha defasagem de efetivo”, acrescentou. De acordo com o coronel, o Rio Grande do Sul é dividido em 16 comandos, e a prioridade cabe aos municípios com os maiores índices de criminalidade. “Hoje, 18 cidades respondem por 80% dos crimes no Estado, e o Vale do Sinos tem duas entre elas: Novo Hamburgo e São Leopoldo”, observou.
Apesar das dificuldades com material humano, o comandante regional destaca o reforço de armamentos e equipamentos. “Existe planejamento interno e um trabalho de reestruturação na BM. Conseguimos colocar policiamento 24h em Morro Reuter, não precisando mais deslocar de Dois Irmãos. A nossa prioridade é que todos os municípios tenham policiamento 24h. Além disso, todo o efetivo está sendo treinado para o uso de armas longas, como fuzis”, informou o coronel Vitor Hugo, destacando ainda a parceria com a Polícia Civil.


EFETIVO LOCAL
O comandante regional elogiou Dois Irmãos por sua organização e pela participação da comunidade. “Das sete viaturas, três foram conquistadas via Consepro”, disse ele, citando a parceria entre a prefeitura e o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública. O coronel reconhece que o número ideal de efetivo para uma cidade como Dois Irmãos seria de 36 – hoje, é de 20. Apesar disso, segundo o tenente Elton, o número de ocorrências no município vem diminuindo desde 2015. “Tivemos nos últimos três meses um alto índice de roubos a residências, mas graças ao serviço de inteligência conseguimos identificar os responsáveis e também efetuar prisões”, afirmou o comandante dois-irmonense.
O secretário de Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo, Edson Maicá Severo, que acompanhou as audiências do município com as forças de segurança do Estado, na semana passada, também esteve na Câmara para reforçar o pedido junto ao coronel Vitor Hugo. Ele lembrou que, na década de 80, a BM chegou a ter mais de 30 mil homens para uma população de 7 milhões de habitantes no Rio Grande do Sul. “Hoje, a população é de 11 milhões e o efetivo reduziu mais de 50%”, comentou. “Sabemos que a prioridade é para municípios com maiores índices de criminalidade, mas queremos que também se olhe para as cidades que investem em segurança. Esperamos esse outro olhar para municípios menores”, acrescentou Maicá, que comandou o Corpo de Bombeiros em Dois Irmãos.
Por fim, o comandante regional reafirmou que vai trabalhar para reforçar o efetivo e declarou que as abordagens na região serão intensificadas. Lamentou, apenas, as ‘famigeradas novas placas’ padrão Mercosul, que não contam com lacre e não identificam o município de origem do veículo. “Como operador de segurança, não vejo muita vantagem nelas”, concluiu o coronel Vitor Hugo.


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

FOTOS DO DIA

Vale Germânico respira cultura e tradição (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela