Enganados por golpistas, moradores perdem mais de R$ 7 mil em Dois Irmãos

13/11/2019
Golpes envolveram cartões de crédito

Golpes envolveram cartões de crédito

Duas pessoas foram vítimas de golpe na última quinta-feira, dia 7 de novembro, em Dois Irmãos. O prejuízo, somado, foi de R$ 7.123,91. Registrados na Delegacia de Polícia Civil, os fatos estão sendo investigados. 
De acordo com a polícia, o primeiro registro foi na sexta, dia 8. Conforme relato da vítima, de 54 anos, um golpista ligou para o seu telefone fixo por volta das 14h do dia 7, se identificando como colaborador do serviço de proteção de cartões de crédito. À vitima, o golpista alegou que estavam tentando realizar compras com o seu cartão em uma loja de Curitiba. Logo em seguida, orientou a moradora a ligar para o banco e comunicar os fatos. A vítima seguiu a orientação e discou o número da agência, porém a suspeita da polícia é de que a ligação tenha sido desviada para outro número, correspondente ao contato de um segundo golpista. 
A ligação foi atendida por uma mulher, que solicitou a senha da vítima e a orientou que colocasse seus cartões em um envelope, junto a uma carta escrita a próprio punho dizendo que não autorizava as transações, e que mais tarde um colaborador da agência passaria na casa para buscar; isso ocorreu instantes depois. Segundo a moradora, o homem estava usando um crachá de uma agência da cidade. Ainda no mesmo dia, a vítima recebeu mensagens em seu celular, informando sobre compras realizadas com um dos cartões, totalizando R$ 6.830,00.  
O segundo caso ocorreu no mesmo dia, por volta das 15h, mas só foi registrado na segunda, dia 11. A vítima foi um homem de 68 anos, que perdeu R$ 293,91. De acordo com o morador, uma mulher ligou para o seu telefone fixo e se identificou como colaboradora da central de cartões de crédito de um banco. Alegou que o cartão da vítima tinha sido clonado e que ela deveria entrar em contato com a sua agência. A vítima ligou e foi atendida por um homem, que orientou o morador a escrever uma declaração ditada por ele e cortar o cartão, e depois colocar tudo em um envelope, que em seguida outra pessoa passaria para buscar, igual ao primeiro caso. 
Conforme o relato da vítima, o homem que foi até a residência aparentava ter uns 40 anos, tinha pele clara e barba cerrada. Já na segunda, a vítima foi até a agência e, ao questionar sobre o assunto, foi detectado o golpe. Pelo menos três compras foram realizadas com seu cartão, em estabelecimentos de Parobé. Segundo o banco, os golpistas utilizaram o cartão até esgotar o limite. 


ALERTA
Nesta semana, a representante de um banco da cidade entrou em contato com o Jornal Dois Irmãos, destacando que as pessoas não devem entregar, em hipótese alguma, seus cartões de crédito e senhas. “Sempre que houver alguma dúvida, as pessoas devem ir até as agências e conversar diretamente com as equipes dos bancos”, comentou. 


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

Direitos Humanos

Direitos Humanos

Coluna da Fé   04/12/2019

Misericórdia

Misericórdia

Opinião   27/11/2019

FOTOS DO DIA

Torcedor raiz – Grudado no alambrado para não perder um só lance (Foto: Thaís Lauck)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela