Ex-secretária de Saúde foi solta cerca de 10 horas após a prisão

15/05/2019
Advogado de Ana Paula Macedo diz que período que compreende a investigação não coincide com o período no qual a pasta estava sob a gestão dela

Advogado de Ana Paula Macedo diz que período que compreende a investigação não coincide com o período no qual a pasta estava sob a gestão dela

Estância Velha – Na terça-feira, dia 14, pelo menos nove pessoas foram presas temporariamente na região por suspeita de participação em um suposto esquema fraudulento envolvendo a Secretaria da Saúde de Estância Velha e a Clínica Previne. Dos presos, quatro foram soltos ainda ontem, entre eles a ex-secretária da Saúde Ana Paula Macedo, que é moradora de Dois Irmãos e também já ocupou o cargo na cidade, durante a gestão do ex-prefeito Miguel Schwengber (2009-2012).
Encontrada em casa, no bairro Navegantes, por volta das 7h, durante a Operação Anamnese, desencadeada pela Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública e Ordem Tributária (Deat), Ana Paula foi conduzida até a sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Porto Alegre, onde prestou depoimento aos delegados  Vinicios do Valle e Max Otto Ritter. De acordo com o advogado Elvis Luciano Mineiro, que atua na defesa de Ana Paula, ela foi liberada por volta das 18h. “Ela foi até lá, prestou os devidos esclarecimentos e foi liberada justamente porque o período que compreende a investigação não coincide com o período no qual a pasta estava sob a gestão dela”, destacou ele, ressaltando que Ana Paula atuou como Secretária da Saúde em Estância Velha de janeiro de 2017 até março de 2018, e a investigação parte do segundo semestre do ano passado. “Sob o meu ponto de vista, ela foi conduzida indevidamente”, exclamou, durante entrevista por telefone na tarde desta quarta, dia 15. 
Conforme o advogado, não há nada em desfavor de Ana Paula, motivo pelo qual ela foi liberada pelos dois delegados. “E sem nenhum tipo de restrição”, reforçou. “Durante todo o tempo, ela tinha o direito de permanecer em silêncio, mas quis falar e alcançou documentos que estavam em posse dela que poderiam colaborar com a investigação. Conseguiu comprovar que não tinha, de fato, participação nos crimes apurados”, finalizou Elvis. Além da ex-secretária, também foram soltos o secretário licenciado da Saúde de Estância Velha, Mauri Martinelli; um empresário e uma mulher presa em flagrante por porte de arma.


A INVESTIGAÇÃO
A Operação Anamnese reuniu mais de 60 policiais civis e teve como alvo pessoas suspeitas de participação no esquema fraudulento envolvendo a Secretaria da Saúde de Estância Velha e a Clínica Previne, contratada pela prefeitura para a realização de exames como raio-x, ecografia e tomografia. O objetivo da investigação é apurar a prática dos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, fraude licitatória e associação criminosa em prejuízo ao Erário de Estância Velha. Conforme a polícia, a clínica recebeu do Executivo Municipal valores por serviços que nunca foram prestados. 



 


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

E que a terra te seja leve!

E que a terra te seja leve!

Alan Caldas   30/08/2019

Tolerância intolerável

Tolerância intolerável

Pitter Ellwanger   30/08/2019

Playlist #13

Playlist #13

Pitter Ellwanger   30/08/2019

FOTOS DO DIA

Domingo de sol e calor proporcionou belas imagens (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • JDI assinatura
  • JDI classificados

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela