“Temos 730 catequizandos este ano, mas com a Covid tudo parou”, diz pároco

15/05/2020
Por Alan Caldas – Editor

Por Alan Caldas – Editor

Padre Dirceu Ritter respondeu a entrevista, nesta quinta-feira, e mostra como está a Igreja Católica nesta pandemia:


Neste período de coronavírus, como ficaram os fiéis que normalmente o procuram para aconselhamento? 
Padre Dirceu
- Quando me procuram atendo com a máscara e com o distanciamento pedido.


Alguma Pastoral funcionou neste período?
Padre Dirceu
- Nenhuma pastoral está funcionando, conforme orientações da Diocese de Novo Hamburgo.


Como será o ano em termos de catequese, batismos, casamentos neste período do tempo?
Padre Dirceu
- Assim que passar o pico da Covid-19, vamos aos poucos atendendo os pedidos para o batismo, casamentos e outros. Mas sempre seguindo os decretos do governador e da prefeitura de Dois Irmãos. Precisamos cuidar da vida em primeiro lugar. Se tiver uma emergência, vamos atender, com certeza. A Secretaria Paroquial retornou no dia 4 de maio, com todos os cuidados.


Como é a experiência dos enterros em solidão familiar? O que notou nas pessoas?
Padre Dirceu
- Os enterros acontecem normalmente. A cerimônia religiosa é toda feita junto à sepultura. As pessoas estão entendendo a situação.


Para alguém acostumado a missas lotadas, como é celebrar num templo vazio?
Padre Dirceu
- A sensação que sinto é de estranheza. Mas precisamos nos adaptar a esse novo momento. Está sendo muito gratificante transmitir a missa pelas redes sociais.


As igrejas foram reabertas ao público. Tem público?
Padre Dirceu
- As pessoas entram na igreja e fazem suas orações. Bem tranquilo.


A Paróquia São Miguel tem quantos fiéis que colaboram? 
Padre Dirceu
- Toda paróquia possui mais de 8 mil dizimistas ativos. E colaboradores nas pastorais, serviços e movimentos passa de 500 pessoas.


Sem ir às missas ou poder aconselhar-se com o padre, como ficou a participação dos que apoiam a Igreja?
Padre Dirceu
- As pessoas se comunicam entre si pelas redes sociais e falam com o pároco diretamente.


Quantos são os catequizandos e como fica esse serviço?
Padre Dirceu
- Este ano a igreja tem 730 catequizandos. Infelizmente, devido a pandemia, igualmente tudo parado.


Qual ensinamento cristão este período ensina?
Padre Dirceu
- O ensinamento cristão é sem dúvida a partir da reflexão um retorno aos valores cristãos. De modo especial a valorização da vida, da família, a solidariedade e a esperança.


Neste momento, apenas o Pároco atende tudo ou tem mais algum padre? 
Padre Dirceu
- Neste momento só o pároco atende às necessidades paroquiais.


*


A ESTRUTURA CATÓLICA EM DOIS IRMÃOS
A Igreja Católica tem grande estrutura na cidade. Além da Comunidade São Miguel Matriz, que é a do Centro e onde fica a parte administrativa da Igreja, existem outras 11 comunidades nos bairros e dois “Pontos de Missa”, sendo um no Loteamento São Luiz (Travessão) e outro na Chácara Wirth, que atende o Loteamento Bonamigo. 


AS COMUNIDADES SÃO:
Travessão Rübenich
São João do Travessão
São João no bairro São João
Nossa Senhora dos Navegantes no bairro Navegantes
Nossa Senhora de Fátima no Vale Direito
São José no Vale Verde
Santo Antônio no Primavera
São Cristóvão no Moinho Velho
São Miguel no bairro São Miguel
Nossa Senhora do Rosário no Portal da Serra
Nossa Senhora Aparecida no Bela Vista


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Senhor, ensina-me a orar

Senhor, ensina-me a orar

Coluna da Fé   23/10/2020

Misericórdia divina

Misericórdia divina

Coluna da Fé   23/10/2020

A dignidade da família

A dignidade da família

Coluna da Fé   21/10/2020

FOTOS DO DIA

A beleza do beija-flor captado em pleno voo pelo fotojornalista Octacílio Freitas Dias

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela