Dois em cada três brasileiros acreditam que a recuperação da economia passará de um ano

15/12/2020
Fonte: G1

Fonte: G1

Dois em cada três brasileiros acreditam que o tempo de recuperação da economia brasileira vai passar de um ano. E diante desse cenário de crise e incerteza, 35% das pessoas pretendem reduzir o nível de consumo de bens e serviços em 2021, na comparação com o período pré-pandemia, e 41% devem manter, apontou a pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O estudo também traçou um panorama do auxílio emergencial. Dos entrevistados, 42% se cadastraram e conseguiram receber o auxílio emergencial do governo federal, enquanto 11% fizeram o cadastro, mas não receberam o auxílio. Outros 17% afirmaram que não se cadastraram porque não precisavam do auxílio e 30% porque não se encaixavam nas condições exigidas. Entre as pessoas que receberam o dinheiro, 17% afirmaram que a renda aumentou ou aumentou muito no período. A maior parte da população (49%) usou o auxílio emergencial para comprar alimentos, roupas, produtos de higiene, limpeza ou algum outro tipo de bem de consumo. Outros 30% pagaram contas de água, energia elétrica ou gás. Já 18% afirmaram que usaram o dinheiro para pagar dívidas. Apenas 2% guardaram o dinheiro do auxílio.

 

Retomada do consumo em 2021

Roupas, bolsas, acessórios e calçados, produtos para os quais a maior parte da população afirmou que reduziu o consumo durante a pandemia, devem registrar uma retomada em 2021. Um em cada quatro entrevistados diz que comprará mais esse tipo de produto no próximo ano, afirmou a CNI. O percentual fica em quarto no ranking de perspectivas de consumo para os próximos 12 meses, perdendo apenas para produtos de primeira necessidade como alimentos no supermercado (32%), produtos de limpeza (30%) e produtos de higiene pessoal (29%). Entre os motivos listados pelos entrevistados para reduzir o consumo em 2021 estão:

 

– 25%: Economia;

– 24%: Mudança de hábitos após a pandemia;

– 21%: Preocupação com a renda individual ou da família;

– 14%: Redução de consumo iniciada durante a pandemia.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

 “No Humano um brilho sem igual”

“No Humano um brilho sem igual”

Coluna da Fé   07/01/2021

Qual número você calça?

Qual número você calça?

Opinião   22/12/2020

Como vencer a fadiga da pandemia

Como vencer a fadiga da pandemia

Coluna da Fé   22/12/2020

FOTOS DO DIA

Esperando o dono na porta do mercado, até porque sem máscara não pode entrar (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela