Período exige novas ações para preservar essência da educação

16/09/2020
Secretária Denise Maldaner

Secretária Denise Maldaner

Formada por mais de 3 mil e 500 alunos da Educação Infantil ao 9º ano, a rede municipal de ensino precisou se reinventar diante da pandemia. “Juntamente com a implementação da nossa base curricular, surge uma pandemia que fecha as escolas e nos impede de trabalhar a partir dos princípios que defendemos: a interação social”, comenta a Secretária de Educação, Denise Maldaner, destacando que o período exige que novas ações sejam pensadas para preservar a essência da educação: a valorização humana. 
São seis meses lutando pela educação e, mesmo diante das dificuldades, a expectativa é de que a união entre família e escola faça a diferença no processo de ensino e aprendizagem. “Com a parceria das escolas, educadores, alunos, famílias, SEMEC e administração municipal, estamos cumprindo o propósito da educação, com carinho, respeito ao que foi planejado, porém, com a necessidade de replanejar, reconduzir, implementar e apoiar as estratégias de cada escola, respeitando a saúde e a vida”, destaca a secretária.
De acordo com a secretária Denise, as atividades não presenciais vieram acompanhadas de desafios, criatividade, diversão, aprendizagem, dedicação e amor, com o objetivo de dar continuidade a estimulação do pensamento e da construção de conhecimentos. “Foram muitas construções, discussões e reflexões para que os alunos pudessem usufruir das propostas não presencias da melhor forma possível”, diz ela, destacando que mudanças foram necessárias para atingir a diversidade de contextos familiares e necessidades específicas, como a compra de celulares para as escolas, entrega de atividades por WhatsApp, por e-mail, blog, de forma física através de kits e do Classroom. “Além disso, a motivação dos alunos e a conscientização das famílias sobre a importância da realização das atividades não presenciais, para diminuir os prejuízos às aprendizagens dos alunos, continuam sendo o grande desafio dos educadores”, completa. 

 


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Para que haja um coração...

Para que haja um coração...

Coluna da Fé   24/09/2020

Memórias de um suicida

Memórias de um suicida

Coluna da Fé   24/09/2020

FOTOS DO DIA

Nas asas da borboleta, a primavera se aproxima (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BOLETIM CORONAVÍRUS
24/09/2020SAÚDE
BOLETIM CORONAVÍRUS
Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela