“É hora de se planejar e fazer o básico na alimentação”, diz nutricionista

17/04/2020
Juliana Scholles Staudt

Juliana Scholles Staudt

Em entrevista ao editor Alan Caldas, a nutricionista esportiva Juliana Scholles Staudt deu dicas importantes para encarar o momento de restrições impostas pela pandemia da Covid-19.


Tem alguma diferença na alimentação deste período para outro?
Juliana
– Não teria, mas as pessoas que não cuidavam da sua alimentação antes, agora terão que cuidar. É hora de se planejar e fazer o básico, como arroz com feijão, legumes, um belo prato de salada, aqueles vegetais que às vezes a gente coloca de lado... Eu brinco: comer o que nossos avós comiam. Esquecer a pizza e outras coisas do tipo, pois não vai acrescentar neste momento. Não é hora de pensar assim: “estou em confinamento, estou chateada, então vou comer isso e aquilo”. Agora é hora de cuidar e comer o básico. 


Quando estão angustiadas, as pessoas querem comer mais. Você repara isso?
Juliana
– É normal, é questão de ansiedade. A gente está numa situação que não sabe até quando vai durar. Nessa hora não dá para ficar ‘comendo as paredes’, é comer o que precisa comer. Opte por frutas, por um legume assado... Por exemplo: pegue uma moranga, corte, asse e depois vá comendo como um snack. A gente precisa pensar em colocar nutrientes no corpo e não calorias. Senão, além de doente, a pessoa vai ficar com sobrepeso. É hora de economizar e não comer besteira.


O que recomenda para pais e mães que estão com os filhos em casa?
Juliana
– Uma criança gasta mais energia e demanda mais calorias. Tem que oferecer para as crianças o que elas precisam comer, como arroz com feijão, frutas, legumes e algo a mais. Vamos pensar de tarde: esse algo a mais pode ser um iogurte, uma fruta e também fazer algo que elas gostem, como pipoca, bolo de banana integral... É bom observar isso até para depois elas não voltarem para a escola com a rotina bagunçada. O mais importante nesta fase é manter o máximo possível da rotina de adultos e crianças. De repente, também é interessante colocar a criança para ajudar no preparo dos alimentos.


O que sugere às pessoas no grupo de risco por idade?
Juliana
– Para os idosos, é importante tomar água, descansar, se expor ao sol de 10 a 15 minutos por dia, dar uma volta pelo prédio ou pelo pátio da casa para movimentar as pernas e comer comida de verdade. Esqueçam essa história de ficar ‘beliscando’, evitem embutidos e diminuam o açúcar o máximo possível. Tentem fazer por si só aquilo que vocês falariam para os seus filhos fazerem. E também não tem que ficar olhando notícia ruim.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Condição irrecusável

Condição irrecusável

Coluna da Fé   04/08/2020

Você já teve um amor?

Você já teve um amor?

Coluna da Fé   30/07/2020

Ser cristão

Ser cristão

Coluna da Fé   30/07/2020

FOTOS DO DIA

Lua cheia de graça (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela