Moradores do Travessão participam de audiência sobre segurança

22/05/2019
Encontro aconteceu na noite desta terça-feira

Encontro aconteceu na noite desta terça-feira

Casos recentes de furtos e tentativas de arrombamento voltaram a ligar o alerta no bairro Travessão, que em outros momentos já sofreu com a criminalidade. Na busca de alternativas para melhorar a segurança dos moradores, na noite desta terça-feira (21) foi realizada um audiência pública com a participação de autoridades locais. O encontro aconteceu na sede da Associação de Moradores do Travessão (AMOTRA), reunindo mais de 120 pessoas.
A audiência foi aberta por Idemar Borges da Costa, tesoureiro da AMOTRA, que falou em nome do presidente, Paulo Francisco Steffen. “O país como um todo vive uma situação difícil quando se trata de segurança pública, e sabemos que, geograficamente, o Travessão é uma ‘rota de fuga’ para os bandidos; somos o bairro mais distante do Centro”, comentou. “Aqui é o momento para falar e solicitar o respaldo do pode público”, completou Idemar. O morador Ivonei Lopes, idealizador da audiência, agradeceu pela mobilização da comunidade. “Estamos bem representados e queremos colaborar com a discussão”, afirmou.
Jerri Meneghetti, prefeito em exercício durante a viagem de Tânia da Silva à Alemanha, destacou o investimento feito em câmeras de segurança no bairro. “Agora, estamos trabalhando para melhorar a definição das câmeras e ter um sistema mais inteligente, que pode informar os policiais sobre situações que fogem da normalidade”, explicou ele, lembrando que o município está repassando, em 2019, R$ 336 mil para o Conselho Pró-Segurança Pública (CONSEPRO) de Dois Irmãos. Jerri também citou como medidas previstas a instalação de iluminação pública onde ainda não existe e a busca por mais policiais para a Brigada Militar. “Bandido gosta de escuridão e não gosta de policiamento. Boa iluminação e efetivo na rua são passos importantes para combater a criminalidade”, afirmou. 
O prefeito em exercício disse que existe a expectativa de novos soldados para a região, conforme solicitação feita pela Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (AMVRS) à Secretaria da Segurança Pública do RS. 


TENENTE ELTON:
Furtos a residências são o ‘calcanhar de Aquiles’
A dificuldade de efetivo é admitida pelo próprio tenente Elton Dhein, comandante da Brigada Militar em Dois Irmãos. “Infelizmente, sofremos com a falta de recursos humanos”, comentou. 
Ele explicou que a corporação monitora diariamente as ocorrências no município, com o objetivo de reforçar o policiamento nas áreas mais visadas. “Furtos a residências são o ‘calcanhar de Aquiles’. Recentemente, tivemos casos concentrados nos bairros Moinho Velho, Industrial e Primavera; agora, esses últimos no Travessão. Quando houver alguma suspeita, as pessoas devem ligar para nós”, avisou.
A audiência também contou com a participação do presidente do CONSEPRO, João Guilherme Becker; do presidente do Poder Legislativo, Sérgio Fink; dos vereadores Paulo Fritzen, Joracir Filipin e Elony Nyland; e dos secretários municipais Dirceu Fleck e Edson Maicá Severo. Depois dos pronunciamentos das autoridades, o espaço foi aberto para manifestações dos moradores, que expuseram cobranças e dúvidas.


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

De quem é a responsabilidade?

De quem é a responsabilidade?

Opinião   15/10/2019

Honra aos professores!

Honra aos professores!

Coluna da Fé   15/10/2019

FOTOS DO DIA

Olha o passarinho! Os paparazzi não dão folga... (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • JDI assinatura
  • JDI classificados

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela