Sem Natal em Família em 2020, expectativa fica para o próximo ano

23/12/2020
Coordenador Sérgio Negri

Coordenador Sérgio Negri

A pandemia de Covid-19 não permitiu a realização do Natal em Família em 2020. O evento do bairro Travessão seria realizado entre os dias 19 de novembro e 19 de dezembro, na sede da Associação de Moradores, mas teve que ser cancelado com antecedência. Por se tratar de um evento voluntário, os organizadores precisam correr atrás de recursos e fechar a programação bem cedo, o que tornou inviável neste ano atípico.

Agora, a expectativa fica para o próximo ano. O Jornal Dois Irmãos conversou com Sérgio Negri (foto), coordenador geral do evento, para analisar o momento atual e o que é possível projetar para 2021. Leia o que ele disse:

 

Quando foi decidido pelo cancelamento do Natal em Família?

Sérgio Negri – Cancelamos o Natal lá no mês de abril, pois nosso Natal é 100% feito por voluntários. Não tinha como organizar, ensaiar, envolver as pessoas com a questão da pandemia. Seria um desafio e um risco muito grande para todos.

 

Qual a avaliação que você faz deste ano cheio de desafios?

Sérgio Negri – Pouca coisa foi e está sendo fácil com a pandemia. Temos nos confrontado com perguntas difíceis de responder. Em determinadas situações, é até impossível encontrar uma resposta correta para expressar a real situação que nos encontramos. Mas tenho esperança que vamos encontrar a saída e que tudo voltará ao normal ou quase normal. Temos que acreditar e cada um fazer a sua parte.

 

Quais são as expectativas para o próximo ano? Já pensam no Natal em Família 2021?

Sérgio Negri – As expectativas são boas para o próximo ano. Tenho esperança que voltaremos à normalidade assim que a vacina chegar ao alcance de todos.  Quanto a realização do Natal em Família, vai depender de alguns fatores: 1º) Pandemia – até abril, se as coisas não voltarem ao normal, teremos que cancelar mais uma vez; não temos como programar nada depois. 2º) Outra questão é a vontade e o esforço coletivo para o mesmo acontece, e, principalmente, do interesse da nova diretoria que assume a Associação de Moradores agora em janeiro em dar continuidade no evento. “Uma andorinha só não faz verão”.

 

Deixe uma mensagem de Natal para a comunidade do Travessão.

Sérgio Negri – Tradicionalmente o final de ano é o momento de refletir sobre as conquistas e os aprendizados do ano que passou e de traçar novas metas para o ano que chega. Acredito que a esperança de todos para 2021 seja igual, a de comemorar conquistas e um novo recomeço, pois durante esse ano foi preciso desacelerar em todos os sentidos. Aprendemos tantas coisas com o coronavírus, mas talvez a principal delas foi descobrir que sozinhos não somos nada. Ainda estamos aprendendo a lidar com as nossas próprias emoções, a ter um olhar mais generoso em relação a si próprio e ao próximo. Temos que ter FÉ! Boas Festas a todos.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

 “No Humano um brilho sem igual”

“No Humano um brilho sem igual”

Coluna da Fé   07/01/2021

Qual número você calça?

Qual número você calça?

Opinião   22/12/2020

Como vencer a fadiga da pandemia

Como vencer a fadiga da pandemia

Coluna da Fé   22/12/2020

FOTOS DO DIA

Esperando o dono na porta do mercado, até porque sem máscara não pode entrar (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela