94,8% dos brasileiros se declaram heterossexuais, e 1,2%, homossexuais, indica IBGE

25/05/2022
Fonte: GZH

Fonte: GZH

Pela primeira vez, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) questionou brasileiros maiores de 18 anos sobre orientação sexual. Foram entrevistadas 159,2 milhões de pessoas em 2019, sendo que 94,8% se declararam heterossexuais, 1,2%, homossexuais, e 0,7% bissexuais. No Rio Grande do Sul, de 8 milhões e 900 mil entrevistados, 1,9% se declararam homossexuais ou bissexuais, enquanto a proporção de adultos que se declararam heterossexuais é idêntica à média nacional.

Os resultados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) — Quesito Orientação Sexual foram divulgados na manhã desta quarta-feira (25), em coletiva de imprensa. Chama a atenção o grande número de brasileiros que não quis responder, mantendo sigilo: 3,6 milhões de participantes, número superior ao total das parcelas de homossexuais e bissexuais somadas (2,9 milhões).

— Pode estar relacionado ao receio do entrevistado de se autoidentificar como homossexual ou bissexual e informar para outra pessoa sua orientação sexual — analisa a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira.

Outro ponto de destaque é o grupo que não sabia informar a orientação sexual no instante do questionamento: 1,7 milhão de pessoas. Jovens de 18 a 29 anos apresentaram o maior percentual de pessoas que se declararam homossexuais ou bissexuais (4,8%), mas essa faixa de idade também teve os mais elevados percentuais de quem não soube responder (2,1%) ou se recusou a revelar a informação (3,2%).

— O maior percentual de jovens que não souberam responder pode estar associado ao fato de essas pessoas ainda não terem consolidado o processo de definição da própria sexualidade — avalia Maria Lucia, acrescentando que resultados semelhantes foram obtidos também em levantamentos realizados em outros países, caso do Reino Unido.

No Rio Grande do Sul, 3,3% dos entrevistados, ou 291 mil pessoas, não sabiam ou se recusaram a responder. Considerando-se homens e mulheres, a bissexualidade apareceu mais entre elas (65,6% das respondentes eram do sexo feminino), enquanto a homossexualidade foi mais citada entre eles (56,9% se identificaram como homossexuais)

Homossexuais e bissexuais, segundo a pesquisa, concentram-se em maior número na fatia populacional de nível de instrução e renda mais elevados. No grupo de participantes com Ensino Superior, 3,2% dos entrevistados afirmaram ser homossexuais ou bissexuais, percentual bem maior do que o de pessoas que assim se identificaram e têm escolaridade de nível fundamental ou incompleta (0,5%).

De acordo com o instituto, não houve diferença estatística relevante entre brancos (1,8%) e pretos ou pardos (1,9%) que se declararam homossexuais ou bissexuais. Entretanto, o percentual de homossexuais ou bissexuais que vivem em área urbana foi mais do que o dobro do de moradores de zona rural: 2% contra 0,8%.

A PNS representa a primeira iniciativa do IBGE na temática da orientação sexual da população brasileira. Daí o caráter “experimental” com que se descreve a pesquisa. Segundo os organizadores, as informações ainda não atingiram um grau completo de maturidade em termos de harmonização, cobertura ou metodologia. Até essa coleta, feita três anos atrás, a estatística disponível sobre a temática LGBTQIA+ no instituto se referia a casais do mesmo sexo.

A PNS não coletou informações sobre identidade de gênero, mas o IBGE informou que estuda uma metodologia para incluir o tema em seus levantamentos.

 

O Brasil em 2019

População do país no ano em que a pesquisa foi realizada:

159,2 milhões de pessoas de 18 anos ou mais no país

53,2% eram mulheres e 46,8% eram homens

 

Os números da pesquisa

94,8% dos entrevistados se declararam heterossexuais

1,2% homossexuais

0,7% bissexuais

1,1% não sabiam sua orientação sexual

2,3% não quiseram responder

0,1% declararam outra orientação sexual (como assexual ou pansexual, por exemplo)

 

Os números da pesquisa no RS

De 8,9 milhões de pessoas com 18 anos ou mais, 94,8% se declararam heterossexuais;

1,9% homossexuais ou bissexuais

3,3% não sabiam ou não quiseram responder


› Compartilhe

  • Instagram
  • doação de sangue

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela