Seis dos nove vereadores aceitaram redução de 20% no salário

26/05/2020
Sérgio Fink não autorizou desconto e diz que vai doar sua parte pessoalmente. Paulino Renz permitiu desconto de 7,2% e Paulinho Quadri, de 10%

Sérgio Fink não autorizou desconto e diz que vai doar sua parte pessoalmente. Paulino Renz permitiu desconto de 7,2% e Paulinho Quadri, de 10%

Conforme a Resolução 08/2020, publicada na semana passada, os vereadores de Dois Irmãos tinham até segunda-feira (25) para aceitar ou não a redução de 20% nos salários de maio, junho e julho. A proposta tem como objetivo auxiliar no combate à Covid-19 no município. Dos nove parlamentares, seis aceitaram reduzir seus vencimentos de R$ 2.586,19 para R$ 2.068,95: Celina Teixeira Christovão (MDB), Eliane Becker (PP), Elony Nyland (MDB), Joracir Filipin (PT), Paulinho Gehrke (PP) e Paulo Fritzen (PSD). Paulinho Quadri (MDB) e Paulino Renz (PDT) aceitaram descontos menores, de 10% e 7,2% respectivamente. 
Sérgio Fink (PDT) foi o único vereador que não autorizou a redução de 20% na sua folha de pagamento. Ele disse que prefere doar o dinheiro pessoalmente. “Agora, vou dar esses 517 reais para a Associação dos Voluntários do Hospital São José – eu já havia doado 650 reais do salário de março. Nos próximos meses, vou definir para quem doar”, comentou. “Se deixar para devolver para a prefeitura, não sei o que vão fazer com esse dinheiro, se vão construir outro banheiro, fazer aditivo na ponte, alugar lonas ou criar mais cargos”, acrescentou Fink, fazendo referência a gastos recentes da administração municipal, como a obra de R$ 197 mil nos banheiros da Praça do Imigrante. 
Na sessão de ontem, o vereador Paulino Renz justificou sua decisão pelo desconto de apenas 7,2%. “A nossa indicação para reduzir em 20% os salários da próxima gestão foi derrubada pelos outros vereadores. Então, se ano que vem vai ser 7,2%, também vou pagar 7,2%. Se fosse descontar 20% a partir do ano que vem, também reduziria 20% agora. O povo conhece meu trabalho”, afirmou. Paulinho Quadri disse que sempre ajudou a comunidade. “Na realidade, a gente já ajuda tantas pessoas, não com dinheiro, mas com outras coisas. Esses 10% ou 20% não resolvem muita coisa, é mais para deixar registrado. Quem conhece o trabalho da gente, sabe que não são apenas esses 10% que gastamos mensalmente”, justificou.
O presidente Filipin disse que vai fiscalizar a aplicação do recurso. “Vamos acompanhar de perto, não pode ser desviado de função. Esse dinheiro é para ser aplicado no combate à Covid-19”, declarou.


(Foto: Câmara de Vereadores)


› Compartilhe

COLUNAS

Lições de vida

Lições de vida

Coluna da Fé   13/08/2020

Fé e Descrença

Fé e Descrença

Coluna da Fé   13/08/2020

Assumir a responsabilidade que compete

Assumir a responsabilidade que compete

Coluna da Fé   06/08/2020

FOTOS DO DIA

Lua cheia de graça (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

BOLETIM CORONAVÍRUS
14/08/2020SAÚDE
BOLETIM CORONAVÍRUS
Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela