Nova Fiat Strada fica até R$ 5 mil mais barata e parte de R$ 63.590

26/06/2020
Fonte: G1 / Auto Esporte

Fonte: G1 / Auto Esporte

A Fiat lançou nesta sexta-feira (26) a segunda geração da Strada. O modelo já havia sido mostrado em março, e avaliado pelo G1 na versão topo de linha. No entanto, o lançamento acabou sendo adiado por conta da pandemia do coronavírus. A nova Strada é a picape mais vendida do Brasil há mais de 10 anos, e uma das maiores novidades da indústria automotiva em 2020. Ao todo, são 5 combinações, alternando três versões com duas opções de cabine.


Veja abaixo todos os preços:
– Endurance cabine simples - R$ 63.590 (mesmo preço da antiga Hard Working)
– Endurance cabine dupla - R$ 74.990 (antiga Hard Working era R$ 76.290)
– Freedom cabine simples - R$ 69.490 (mesmo preço da antiga)
– Freedom cabine dupla - R$ 77.990 (antiga era R$ 82.990)
– Volcano cabine dupla - R$ 79.990 (antiga Adventure era R$ 84.990)


Itens de série
– Endurance: ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, preparação para som, assistente de partida em rampas, controles de tração e estabilidade, volante com regulagem de altura, protetor e iluminção de caçamba e rodas de aço de 15 polegadas com calotas. Cabine dupla inclui airbags laterais e fixação Isofix.
– Freedom: mesmos itens da Endurance mais direção elétrica, retrovisores, vidros e travas elétricas, banco do motorista com ajuste de altura, faróis de neblina, para-choques, maçanetas e capa dos retrovisores na cor da carroceria, rádio com entrada USB, rodas de liga leve de 15 polegadas, computador de bordo com tela 3,5 polegadas e sensor de pressão dos pneus. Cabine dupla inclui airbags laterais e fixação Isofix.
– Volcano: mesmos itens da Freedom mais faróis de LED, bancos com revestimento parcial em couro, vidros elétricos traseiros, central multimídia Uconnect de 7 polegadas, câmera de ré, sensor de ré, duas entradas USB, volante revestido em couro, capota marítima, rack de teto e rodas de liga-leve de 15 polegadas com pneus de uso misto.


Antiga Hard Working segue
A Fiat também vai manter uma versão da antiga Strada. A configuração escolhida foi a Hard Working com cabine simples. Seu preço, no entanto, foi reduzido de R$ 63.590 para R$ 61.590.


Duas décadas
A Fiat levou 20 anos para renovar totalmente a Strada. Nesse intervalo, mesmo já veterana, a picape se mantém na liderança entre os veículos comerciais, quase sem ser incomodada. Nessa nova geração, a Fiat aproveitou algumas peças de outros modelos. As portas dianteiras e o para-brisa, por exemplo, vieram do Mobi. Quadro de instrumentos, volante e alavanca de câmbio também são compartilhados com o Uno. Porém, a Strada ficou mais refinada. Sua versão topo de linha tem faróis de LED e uma central multimídia que pode espelhar conteúdo de smartphones sem a necessidade de cabos.


Cabine mais espaçosa
No entanto, apesar dos novos equipamentos, a Strada deve se destacar por outras razões. Ela é a primeira picape do segmento com uma cabine dupla de 4 portas e 5 lugares. Até então, a própria Strada só tinha 3 portas, enquanto a rival, Saveiro, mesmo na cabine dupla, tinha 2 portas – e 4 lugares. Isso significa o fim do aperto para quem vai na segunda fileira.
Na segunda geração, a Fiat resolveu aposentar a carroceria com cabine estendida, que, segundo a marca, representava apenas 6% das vendas. Porém, promoveu um considerável aumento no espaço interno na cabine simples. Apesar de ter metade dos 300 litros da antiga cabine estendida, a nova simples, agora chamada de Plus, tem 150 litros de espaço atrás dos bancos, o dobro da geração anterior.


O espaço na caçamba, porém, melhorou muito. Veja abaixo:
– Nova Strada com cabine simples – 1.354 litros e 720 kg
– Strada atual com cabine simples – 1.220 litros e 705 kg
– Strada atual com cabine estendida – 910 litros 685 kg


Motores
Apesar de ter sido totalmente renovada, a Strada vai manter, na versão Endurance, o antigo motor 1.4 Fire, que entrega 88 cavalos. Para Herlander Zola, diretor da Fiat, o propulsor atende às necessidades do público da Strada. “A Strada 1.4 é muito representativa da versão atual, isso indica que os clientes estão satisfeitos, por isso a decisão de manter o atual”, disse. As demais configurações sairão de fábrica com um motor menor, só que mais moderno, potente e eficiente. É o 1.3 Firefly, de 109 cv. Ele substitui, de uma só vez, o 1.4 nas configurações intermediárias e o 1.8 de 139 cv na opção mais cara. Apesar de ter menos potência, o 1.3 é bem mais econômico, sem perder tanto em desempenho.




› Compartilhe

COLUNAS

Assumir a responsabilidade que compete

Assumir a responsabilidade que compete

Coluna da Fé   06/08/2020

Devagar mas sempre

Devagar mas sempre

Coluna da Fé   06/08/2020

Condição irrecusável

Condição irrecusável

Coluna da Fé   04/08/2020

FOTOS DO DIA

Lua cheia de graça (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela