Colonização alemã é tema de palestra na escola Arno Nienow

26/09/2019
Alunos tiveram palestra com Felipe Kuhn Braun

Alunos tiveram palestra com Felipe Kuhn Braun

Um grupo de 55 estudantes do 5º e do 6º ano da escola municipal Arno Nienow (Navegantes) participou na quarta-feira (25) de uma palestra com o historiador, escritor e vereador de Novo Hamburgo, Felipe Kuhn Braun. Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a história da colonização alemã no Rio Grande do Sul, em especial de Dois Irmãos.
A professora de língua alemã, Ana Cristina Wiest, explicou que os alunos assistiram ao filme “O herdeiro”, do qual o próprio Felipe fez parte do elenco. “O filme deixa uma valorosa mensagem aos estudantes. Descendentes de alemães ou não, somos todos herdeiros desse legado deixado pela marca significativa da imigração alemã no Brasil, principalmente em Dois Irmãos, pois a partir dos primeiros moradores temos lindas tradições, como o Kerb, o pinheiro de Natal, as bolachas natalinas, os ovos pintados e o coelhinho da Páscoa, entre tantos elementos do nosso cotidiano”, destacou a professora. A diretora Janete Sausen da Silva ressaltou a importância da atividade. “O encontro proporcionou aos alunos conhecerem um pouco a história dos antepassados que vieram para Dois Irmãos”, comentou.
Felipe pesquisa sobre a imigração alemã há 18 anos e já publicou vários livros a respeito. “Comecei cedo a desvendar as raízes das famílias da região. O município de Dois Irmãos tem uma história riquíssima”, comentou. O filme “O herdeiro” foi produzido na região pela cineasta alemã Úrsula Strauch. Felipe aparece apresentando o Museu de São Leopoldo e a Aldeia do Imigrante de Nova Petrópolis ao personagem Martin, que tem sete dias para encontrar um herdeiro para o seu chefe na Alemanha. O seu chefe não tinha herdeiro para sua empresa, mas soube que um dos seus antepassados havia emigrado para o Brasil. Foram sete dias de aventuras, suspense e humor.



FOTOS ANTIGAS

Na oportunidade, os alunos também reproduziram fotos de famílias antigas. “Trabalhar com a língua alemã é conversar entre passado, presente e futuro. Esta que é também uma língua estrangeira moderna representa um diferencial para os nossos estudantes no mercado de trabalho, além de nesta tenra idade aprenderem a valorizar ainda mais a identidade cultural da sua cidade”, conclui a professora Ana Cristina.
Na semana do Kerb de São Miguel, a escola conta com uma comissão formada pelas professoras Ana Cristina, Ester Reichet, Maria Brischke e Tina Lopes, que está envolvendo os estudantes com diferentes atividades alusivas à festa. A Arno Nienow é a única escola que oferece língua alemã no ensino fundamental completo, com oportunidade de proficiência internacional pelo Goethe Institut.


(Fotos: Divulgação)


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

De quem é a responsabilidade?

De quem é a responsabilidade?

Opinião   15/10/2019

Honra aos professores!

Honra aos professores!

Coluna da Fé   15/10/2019

FOTOS DO DIA

Olha o passarinho! Os paparazzi não dão folga... (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela