Homem encontrado morto era foragido por homicídio em Gravataí

27/04/2020
Corpo estava a poucos metros do asfalto

Corpo estava a poucos metros do asfalto

No dia 5 de abril, um homem foi encontrado morto na Estrada Campo Bom, em Dois Irmãos. O corpo estava a poucos metros do asfalto, em um trilho que leva a uma propriedade particular. A pessoa vestia camiseta e bermuda e estava sem qualquer documento de identificação.
Isolada, a cena do crime foi analisada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), que cerca de uma semana depois confirmou a identidade da pessoa, através das impressões digitais, de acordo com informações do Setor de Investigação da Delegacia de Polícia Civil da cidade, coordenada pela delegada Ariadne Langanke. 
O homem foi identificado como Marco Antônio de Souza, 50 anos. O IGP também informou que ele foi morto a pauladas, confirmando as suspeitas levantadas no local, após um pedaço de madeira, coberto de sangue, ser localizado junto ao corpo. Agora, a Polícia Civil segue investigando o caso para descobrir a autoria do crime.  


Foragido desde fevereiro 
Marco Antônio foi indiciado por homicídio doloso em Gravataí e estava foragido da justiça. A informação foi confirmada pelo delegado Eduardo Limberger do Amaral, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Gravataí, na manhã desta segunda-feira, dia 27. De acordo com ele, Marco Antônio matou um homem de 74 anos, a facadas, no dia 21 de janeiro. O crime foi motivado por vingança. “Ele (Marco Antônio) estava internado em uma clínica para dependentes químicos aqui de Gravataí, mas teve dificuldades de adaptação, apresentando comportamento agressivo; teve, inclusive, situações de agressão no local”, comenta o delegado, que, após investigação, confirmou que Marco Antônio fugiu da clínica, colocou fogo na casa que pertencia a dona da clínica e matou o idoso. “Fizemos buscas em Gravataí, Viamão, e tínhamos a informação de que ele teria fugido para a Serra Gaúcha”, completou. 
Ao longo da investigação, testemunhas também relataram à polícia que Marco Antônio era uma pessoa agressiva e se quer mantinha contato com a própria família. Após os crimes do dia 21 de janeiro teria, inclusive, ameaçado moradores próximos do local do fato. 
Além do homicídio, o homem foi indiciado por lesão corporal em 2012 e tem passagens por ameaça em 2009, 2013 e 2020.


› Compartilhe

  • Instagram

COLUNAS

Senhor, ensina-me a orar

Senhor, ensina-me a orar

Coluna da Fé   23/10/2020

Misericórdia divina

Misericórdia divina

Coluna da Fé   23/10/2020

A dignidade da família

A dignidade da família

Coluna da Fé   21/10/2020

FOTOS DO DIA

A beleza do beija-flor captado em pleno voo pelo fotojornalista Octacílio Freitas Dias

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela