Clima para testar a saúde de todas as idades

28/06/2019
Graciele com a filha Nicole: Preocupação aumenta nesta época

Graciele com a filha Nicole: Preocupação aumenta nesta época

Com a chegada oficial do inverno no último dia 21, o frio começou a mostrar as caras e nos desafia a manter uma rotina saudável. No entanto, ao longo desta semana – e da próxima, pelo que se apura na previsão do tempo – os gaúchos enfrentaram fortes oscilações entre frio e calor. 
Com essas grandes variações de temperatura, o organismo enfrenta uma desgastante batalha para manter-se funcional. Sem uma atenção especial ao clima, as pessoas facilmente podem acabar doentes, seja uma doença mais leve como um simples resfriado ou mais grave, como uma pneumonia. Para a moradora Lúcia Schwarzer, cuidar da saúde é fundamental nesta época do ano. Ela afirma que manter-se bem agasalhado e com uma boa alimentação é crucial para que as doenças não apareçam. “Temos que nos alimentar bem com muitas frutas que tenham vitamina C, pegar sol quando ele aparece e, principalmente, se agasalhar quando saímos do banho ou quando vamos andar na rua. Nos últimos meses não tenho tido nenhum resfriado justamente por estar prestando atenção a esses detalhes”, afirma. 
Em meio a esse clima anormal, também é necessária uma atenção redobrada no cuidado com a saúde das crianças, pois seu sistema imunológico pode ficar facilmente debilitado pela mais leve variação de temperatura, resultando num tremendo resfriado. Graciele Weber Marmitt, de Santa Maria do Heval, comenta um pouco das adversidades que vem enfrentando com sua filha, visto que Nicole possui um histórico de bronquite, doença que facilmente se agrava com a variação de temperatura. “Para minha filha, toda essa mudança no tempo tem sido bem complicada, pois a bronquite piora nas mudanças de clima. Precisamos dar muita atenção à alimentação, ao agasalho e levá-la ao médico para um acompanhamento permanente”, explica.


NO TRABALHO
Muitas pessoas não podem optar por permanecer em um espaço protegido dos efeitos atmosféricos, visto que seu ambiente de trabalho é ao ar livre, em meio a toda essa confusão climática, estando mais suscetíveis às doenças decorrentes dela. 
Para Celso José Becker, que trabalha no Parque Municipal Romeo Wolf, o frio não é um problema, desde que seja contínuo. “Eu adoro o inverno, para nós que trabalhamos ao ar livre é bem menos cansativo e, consequentemente, mais proveitoso. No entanto, inevitavelmente com esse clima maluco acabei pegando um resfriado que já está no fim. Eu espero que o inverno chegue de verdade nos próximos dias, com um clima mais permanente, sem grandes loucuras como está sendo agora”, comenta.


FRIO, CALOR, FRIO DE NOVO
A semana começou com calor, teve frio intenso nos últimos dois dias e terminará com temperaturas em elevação mais uma vez. As máximas podem se aproximar dos 30°C nos sábado (29), com pancadas de chuva. Na próxima semana, o frio retorna. Haja imunidade!


Lúcia e o marido Oscar aproveitam o sol e um chimarrão para se esquentar



Celso Becker: “O frio não é um problema, desde que seja contínuo”

 


› Compartilhe

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

Isso era no tempo da tua avó!

Isso era no tempo da tua avó!

Alan Caldas   23/08/2019

Sobre desperdício

Sobre desperdício

Pitter Ellwanger   23/08/2019

Playlist #12

Playlist #12

Pitter Ellwanger   23/08/2019

FOTOS DO DIA

Paisagem urbana: Um pedaço da Av. Irineu Becker (Octacílio Freitas Dias)

  • JDI classificados
  • JDI assinatura

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © , Todos os direitos reservados Agência Vela