Vereadores fazem pedido por vacina aos profissionais da educação

03/03/2021
(Foto: Divulgação / Câmara)

(Foto: Divulgação / Câmara)

O drama da pandemia do coronavírus repercutiu na sessão da Câmara de Vereadores, na última segunda-feira (1º). A lotação dos hospitais e o aumento vertiginoso de casos e óbitos fez o Rio Grande do Sul ingressar em bandeira preta (risco altíssimo) nesta semana. Uma decisão judicial também acabou suspendendo as aulas presenciais, que estavam liberadas na educação infantil e 1º e 2º anos do ensino fundamental.

A vereadora Sheila da Silva (PT) voltou a comentar a situação delicada dos profissionais da área de educação.

– Na sessão anterior, eu disse que professores e funcionários da educação sentiam-se inseguros e expostos com o retorno presencial às aulas sem vacina. No entanto, percebi que a maioria aplaudiu a pressão que os prefeitos da Região 7 – com exceção do prefeito de São Leopoldo – fizeram sobre o governador para manter a cogestão. Passou-se uma semana e já estamos, na escola onde trabalho, sem diretora, sem pedagoga, com ausência de uma merendeira e mais cinco professores afastados aguardando resposta do teste de Covid. Acompanhei todo o esforço da direção, dezenas de horas de trabalho, para cumprir o Plano de Contingência rigorosamente. No entanto, em uma semana, já são tantos profissionais de uma única escola que precisam se afastar. Imaginem o tamanho da insegurança dos profissionais que trabalham em escolas neste momento. Precisamos de uma atitude sensível por parte dos gestores públicos, com mais foco nas pessoas, na valorização da vida – declarou.

Ela classificou a situação atual como ‘incontrolável’ e solicitou que o município reserve uma parte do orçamento para a aquisição de vacinas.

 

Vereador apresenta duas indicações

Para Darlei Kaufmann (PSB), o mundo vive uma das mais graves crises de saúde da história.

– Acredito que as próximas semanas serão muito difíceis para o nosso povo, para o comércio, restaurantes e casas noturnas. Quero novamente pedir ao presidente e aos demais legisladores para marcarmos uma reunião de urgência e propor a criação de uma frente parlamentar para pensarmos em soluções para ajudar os mais atingidos – afirmou.

O vereador apresentou duas indicações neste sentido: a 006/2021 solicita que seja feito um estudo de viabilidade para inserção dos funcionários da rede municipal de educação no Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19; a 007/2021 pede que seja feito um estudo para possibilidade de conceder algum auxílio aos proprietários de restaurantes e casas noturnas de Dois Irmãos durante período em que estiverem fechados em razão da bandeira preta.

 

Leia a matéria completa na edição impressa e na digital desta quarta-feira (3).


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Um mundo melhor está próximo!

Um mundo melhor está próximo!

Coluna da Fé   09/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela