Aos 87 anos, morre o cardeal gaúcho Cláudio Hummes

04/07/2022
Fonte: GZH / Estadão Conteúdo

Fonte: GZH / Estadão Conteúdo

Morreu nesta segunda-feira (4), logo depois das 9h, o cardeal Cláudio Hummes, aos 87 anos. Gaúcho nascido em Salvador do Sul (quando ainda era território que pertencia a Montenegro), ele era arcebispo emérito de São Paulo e prefeito emérito da Congregação para o Clero. A informação foi divulgada pela Arquidiocese de São Paulo, em nota assinada pelo arcebispo de São Paulo, o cardeal Odilo Pedro Scherer. A causa da morte não foi informada, mas o comunicado afirma que dom Cláudio, como era conhecido, enfrentou “prolongada enfermidade”.

Em 2013, quando o mundo se surpreendeu com o anúncio do primeiro papa latino-americano, dom Cláudio Hummes apareceu sorrindo ao lado do argentino Jorge Bergoglio, um jesuíta que, inspirado pelo cardeal brasileiro, escolheu justamente se chamar Francisco. Hummes foi apontado como o principal articulador da eleição de Bergoglio.

Cláudio Hummes recebeu a ordenação sacerdotal em 3 de agosto de 1958 e a ordenação episcopal em 25 de maio de 1975. Foi bispo diocesano de Santo André (SP), arcebispo de Fortaleza e arcebispo de São Paulo. Foi feito membro do Colégio Cardinalício pelo Papa São João Paulo II no Consistório de 21 de fevereiro de 2001. De 2006 a 2011 trabalhou ao lado do Papa Bento XVI em Roma, como Prefeito da Congregação para o Clero. De volta ao Brasil, ocupou a função de Presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e da recém criada Conferência Eclesial da Amazônia (CEAMA).

Em 2019, foi relator geral da Assembleia Especial do Sínodo para a Igreja Católica na Amazônia, realizada pelo Vaticano de 6 a 27 de outubro.

— A vida na Amazônia talvez nunca tenha estado tão ameaçada como hoje — declarou no início do evento.

Ainda conforme nota da arquidiocese de São Paulo, o corpo será velado Catedral Metropolitana de São Paulo. Os horários das homenagens ainda não foram divulgados.

 

EM TEMPO

Dom Claudio tem uma irmã que vive em Dois Irmãos – Dulce Schneider – e esteve no município em mais de uma oportunidade.


› Compartilhe

  • JDI digital

COLUNAS

Ruminações poéticas

Ruminações poéticas

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Playlist #54

Playlist #54

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Ruminações ranzinzas

Ruminações ranzinzas

Pitter Ellwanger   05/08/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela