Operação Resguardo atende mais de 51 mil mulheres vítimas de violência no Estado

08/03/2021
Fonte: Secretaria da Segurança Pública

Fonte: Secretaria da Segurança Pública

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul participa de uma ação nacional de combate aos crimes de violência contra a mulher. O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) coordena, através da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), esta que é a maior operação de combate à violência doméstica do país e tem o apoio das Polícias Civis de todo o Brasil.

Na ação coordenada que ocorre nesta segunda-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, foram cumpridos 39 mandados de busca e apreensão, 14 suspeitos foram presos preventivamente, uma arma foi apreendida, 10 medidas protetivas de urgência foram verificadas e 32 denúncias foram atendidas. A ação gaúcha da Operação Resguardo conta com 84 agentes em 30 viaturas. A chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, exaltou o empenho dos policiais civis gaúchos e a integração da força-tarefa nacional. “Esta é talvez a maior operação com essa temática e essas ações são essenciais para a redução nos índices de violência contra a mulher. Quero agradecer, nesse momento, a todos os agentes das Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (Deams) do Estado e meu reconhecimento aos colegas das demais delegacias que também se engajaram para esta grande operação”, enfatizou a delegada Nadine.

A Operação Resguardo, que teve início em janeiro deste ano, acontece simultaneamente nos 26 Estados e no Distrito Federal. Desde o início de 2021, a PC do RS já apurou 615 denúncias, concluiu mais de 5,8 mil inquéritos policiais, cumpriu 93 mandados de prisão e 244 mandados judiciais. Mais de 51 mil mulheres vítimas de violência foram atendidas desde então e 180 agressores foram presos em todo o Estado. Ao todo, 1.072 policiais civis participaram das ações durante o período em mais de 300 viaturas empregadas na ofensiva.

No país, foram mais de 158 mil vítimas atendidas em quase 70 dias da operação contra a violência doméstica. No período, em 1.832 municípios de todos os Estados brasileiros, foram apuradas mais de 45 mil denúncias, 36 mil inquéritos foram concluídos, mais de 8 mil suspeitos de agressão foram presos e mil armas foram apreendidas. Para a ação foi empregado um efetivo de 11 mil operadores de Segurança Pública em mais de três mil viaturas empenhadas no combate à violência contra as mulheres.


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela