Time de refugiados quase triplica para as Olimpíadas de Tóquio

08/06/2021
Fonte: ge

Fonte: ge

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira (8) a lista de convocados para compor o time de refugiados das Olimpíadas de Tóquio. Foram 29 atletas convidados, um número quase três vezes maior do que o da estreia da delegação, com 10 representantes na Rio 2016. O time é para o COI uma mensagem de solidariedade aos 80 milhões de refugiados em todo o mundo.

O COI dá suporte a 55 atletas com status de refugiados reconhecido pela ONU (Organização das Nações Unidas), sendo que 29 deles foram selecionados para competir em Tóquio. O time de refugiados vai estar presente em 12 modalidades: atletismo, badminton, boxe, canoagem, ciclismo, judô, caratê, taekwondo, tiro, natação, levantamento de peso e wrestling. Entre os selecionados está o judoca congolês Popole Misenga (foto), que mora no Brasil e pela segunda vez vai ser acolhido pela delegação brasileira. Ele também esteve na estreia do time de refugiados, na Rio 2016. Confira abaixo a lista de completa de atletas convocados.

– Parabéns a todos. Falo em nome de todo o Movimento Olímpico quando digo que mal podemos esperar para conhecê-los pessoalmente e vê-los competir em Tóquio. Quando você, a Equipe Olímpica de Refugiados do COI e os atletas de comitês olímpicos nacionais de todo o mundo, finalmente reunidos em Tóquio em 23 de julho, enviarão uma mensagem poderosa de solidariedade, resiliência e esperança ao mundo. Você é parte integrante de nossa comunidade olímpica e damos as boas-vindas de braços abertos – disse Thomas Bach, presidente do COI, aos refugiados selecionados.

O time de refugiados vai ser o segundo a desfilar na abertura das Olimpíadas, no dia 23 de julho, logo depois dos gregos, fundadores dos Jogos, na Antiguidade. Os atletas refugiados vão competir sob a bandeira do COI e vão escutar o hino olímpico no pódio caso sejam campeões.


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela