Integrantes de projeto social são desafiados em concurso gastronômico

09/07/2024
Fonte: Feevale / Foto: Andrieli Siqueira

Fonte: Feevale / Foto: Andrieli Siqueira

Os integrantes do projeto social Confeitaria e Panificação: qualificação para o mercado de trabalho, da Universidade Feevale, participaram de uma atividade diferente nesta semana. Eles foram desafiados a apresentar, através de um concurso gastronômico, as habilidades desenvolvidas durante as oficinas do último semestre. Para tanto, os 31 participantes do projeto foram divididos em dois grandes grupos. Em um deles, duas equipes prepararam receitas de confeitaria; no outro, duas equipes confeccionaram pratos de panificação. As produções foram avaliadas por profissionais do mercado.

Os cozinheiros tiveram cerca de duas horas para preparar as receitas e apresentá-las aos jurados, que avaliaram sabor, aparência e textura, em escala de muito bom, bom e regular. Na categoria de confeitaria, uma das equipes apresentou um brownie no pote, com geleia de morango, morangos e cobertura de brigadeiro branco. Os demais participantes entregaram dois quindins, sendo um tradicional e o outro no sabor café. Já na panificação, um dos grupos elaborou um pão salgado, de cebola e requeijão; o outro preparou uma chineque – pão doce de origem alemã – de maçã, banana, canela e doce de leite.

A ideia da atividade, segundo a professora líder do projeto, Simone Weschenfelder, é fazer com que as padarias e confeitarias da região conheçam a capacidade da mão de obra formada pelas oficinas. “Queremos mostrar para quem está na outra ponta, contratando, que é possível selecionar bons profissionais do projeto”, aponta. A banca julgadora foi composta por Guilherme da Rocha Grave, representante da Doces Petry; Kelen Dias Mumbeerger, da Padaria e Confeitaria Doce Sonho; Viviane Mossmann, da Vida Atelier de Doces e Salgados; e Daniel Bonho, da indústria Quero Mais Pão; além da jornalista Laura Schommer, como jurada representante da Assessoria de Imprensa da Universidade Feevale.

 

Os vencedores

Na visão dos avaliadores, as melhores receitas foram os quindins – especialmente o de café, pelo diferencial do sabor – e o pão de cebola. No entanto, todos os preparos receberam boas notas, e as diferenças nas pontuações foram mínimas. “São receitas preparadas por pessoas que estão aprendendo, mas acabam sendo até melhores do que em alguns restaurantes que frequentamos”, disse o representante da Doces Petry, empresa parceira do projeto no fornecimento de insumos para recheios. Para Alyson Silveira, integrante do grupo que preparou o pão vencedor, o concurso foi uma experiência inovadora. “Eu não gostava de trabalhar em equipe, porque sempre trabalhei sozinho. Mas, agora, quero buscar uma oportunidade nessa área”, afirma.

 

Sobre o projeto

O projeto social Confeitaria e Panificação: qualificação para o mercado de trabalho tem o objetivo de propiciar o aprendizado de diversas técnicas de confeitaria e panificação, desde a seleção das matérias-primas até o preparo do produto final. Desde a sua criação, em 2018, o projeto já capacitou e qualificou cerca de 500 beneficiados para inserção no mercado de trabalho. As aulas são direcionadas a pessoas em situação de vulnerabilidade social e os participantes são indicados por instituições parceiras.

Neste semestre, as indicações partiram de: Associação Beneficente Evangélica da Floresta Imperial/Ação Encontro de Novo Hamburgo; Economia Solidária; Associação Evangélica de Ação Social em Novo Hamburgo; Associação de Assistência em Oncopediatria (Amo Criança); Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Novo Hamburgo; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ivoti; Associação dos Deficientes Visuais de Novo Hamburgo; Comunidade Terapêutica Desafio Resgate Jovem; Centro de Referência da Assistência Social de Novo Hamburgo; Centro de Referência da Assistência Social de Morro Reuter; Instituto Penal de Novo Hamburgo; e Secretaria Municipal de Educação de Novo Hamburgo.


› Compartilhe

  • JDI digital
  • doação de sangue

FOTOS DO DIA

O Natal dos Anjos de Dois Irmãos foi destaque no programa Bom Dia Rio Grande (RBS TV) desta sexta-feira, dia 22 (Foto: Divulgação)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2024, Todos os direitos reservados Agência Vela