Eleição presidencial rende primeiro debate na Câmara de Vereadores

14/04/2022
Bolsonaro e Lula polarizam as atenções até o momento

Bolsonaro e Lula polarizam as atenções até o momento

Mesmo que o perfil da atual legislatura não seja de confronto, o ano eleitoral deve movimentar alguns personagens da cena política. Na segunda-feira (11), Elony Nyland (MDB) questionou Márcio Goldschmidt (PT) sobre a coligação entre os antigos adversários Lula e Geraldo Alckmin, que trocou o PSDB pelo PSB.

– O que tu pensa da coligação Lula e Alckmin? Se quiser, responda ou não; o povo já sabe o que responder – cutucou ele, que defende o presidente Jair Bolsonaro.

Márcio foi para a tribuna:

– Não vou entrar no mérito do que o vereador Elony perguntou, porque eu também poderia perguntar o que ele acha, por exemplo, da compra de mais de 35 mil Viagras pelo governo Bolsonaro. Poderia perguntar para ele, também, por que se gasta tanto dinheiro no Ministério da Educação nos ônibus, que agora está em investigação – tomara que se abra uma CPI para o povo entender o que de fato está acontecendo. Mas isso a gente deixa para o povo definir – respondeu.

Em seguida, mostrou confiança na eleição do ex-presidente.

– Lula e Alckmin ou Lula e qualquer outro, tanto faz! É o Lula que vai governar esse país no próximo período e vai trazer de volta a esperança do povo, especialmente do povo mais pobre. Vejo muitos aqui de Dois Irmãos que são responsáveis pela situação que a gente está vivendo hoje na cidade, no Estado e no país. Agora ninguém mais é eleitor do Bolsonaro, assim como lá atrás ninguém foi eleitor do Collor. Sumiram os eleitores do Collor, assim como os eleitores do Bolsonaro vão sumir, pois a história mostrará quem está do lado do povo de fato. A gente percebe a dificuldade que é viver num Brasil em que tudo ficou mais caro. Podem aqui discordar, mas eu queria só perguntar a todos que nos acompanham se a vida de cada um melhorou nesse período do governo Bolsonaro – completou Márcio.

Elony rebateu:

– Primeiro: três anos de governo federal, nenhum roubo comprovado. Agora, essa questão de compra de ônibus, hoje pelo menos o governo federal tem órgão externo e interno para impedir que se façam essas tramoias de licitação como era na época do PT. O governo diz que sempre é possível que tenha algum secretário que queira fazer algo de errado, mas é demitido. Na época do PT, eles ‘cobriam’ os secretários, tanto que toda a direção do PT foi punida e foi presa. Fiz a pergunta porque lá atrás o Alckmin repetia que o STF ia soltar o Lula e que o Lula ia voltar para a cena do crime; agora, ele quer participar da cena do crime. Quem sabe ele quer meter também a mão no bolo que foi roubado um tempo atrás. Mas não vai acontecer. O PT tinha 90% dos deputados e senadores e não conseguiu fazer uma reforma! O Lula só foi solto porque um ministro deu um ‘canetaço’, mas não é que ele foi inocentado.

Nilton Tavares (PP) também se manifestou:

– A história vai julgar o governo Bolsonaro, a história já está julgando o governo Lula. Não vejo estatura moral mínima para o senhor Luiz Inácio Lula da Silva concorrer à presidência. Acredito que, se concorrer e por um desatino ganhar, vai afugentar e muito os investimentos para o Brasil. As eleições estão aí e eu não me identifico nem com radicalismo de esquerda nem com radicalismo de direita – declarou o progressista.

 

“Se puderem evitar esse tipo de discussão, agradeço”, diz Ramon

Por fim, o presidente Ramon Arnold (PP) pediu cautela:

– Peço o empenho dos colegas vereadores para que a gente tenha discussões baseadas no que a gente precisa para o município de Dois Irmãos, porque senão a gente vai entrar numa conversa que não vai levar a qualquer tipo de objetivo. Vai ser feito campanha da porta pra fora, vamos defender nossos valores e candidatos da porta pra fora. Se puderem evitar esse tipo de discussão aqui dentro, eu agradeço muito – concluiu ele.


› Compartilhe

GALERIA DE FOTOS

  • doação de sangue
  • JDI digital

COLUNAS

POR ONDE ANDA?

POR ONDE ANDA?

Alan Caldas   08/05/2024

FOTOS DO DIA

O Natal dos Anjos de Dois Irmãos foi destaque no programa Bom Dia Rio Grande (RBS TV) desta sexta-feira, dia 22 (Foto: Divulgação)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2024, Todos os direitos reservados Agência Vela