Aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha completa dois anos e supera 11 milhões de pesquisas

16/03/2021
Fonte: Governo RS

Fonte: Governo RS

Desenvolvido em parceria por Receita Estadual e Procergs, o aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha, disponível nas plataformas Android e iOS, completou dois anos de lançamento nesta segunda-feira (15), Dia do Consumidor. Reconhecido por proporcionar economia aos usuários no momento de fazer compras, o dispositivo contabiliza cerca de 250 mil downloads e 11,5 milhões de pesquisas realizadas desde 2019, se tornando um dos aplicativos do governo do Estado mais utilizados pela população. Entre os destaques, estão itens de prevenção à Covid-19, combustíveis e produtos de supermercado.

O balanço de utilização do aplicativo aponta crescimento constante no seu uso. Em comparação ao ano passado, quando havia pouco mais 66 mil downloads e 3,7 milhões de consultas, a evolução foi representativa, com avanço de 378% em downloads e de 310% em pesquisas. “Curiosamente, a quantidade de pesquisas feitas até o momento é bastante próxima do número de habitantes do Estado. A evolução tem sido progressiva, demonstrando que é uma ferramenta muito útil para os cidadãos. O funcionamento é extremamente simples, intuitivo e ágil”, destaca Ricardo Neves Pereira, subsecretário da Receita Estadual.

Ao todo, cerca de 340 milhões de itens foram retornados como resultado das pesquisas pelo menor preço de produtos em mais de 300 mil estabelecimentos credenciados no programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG). Essas informações são atualizadas em tempo real toda vez que um estabelecimento realiza uma venda a varejo com indicação do CPF, por meio de consultas às Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) e às Notas Fiscais de Consumidor Eletrônicas (NFC-e), o que garante que os dados do aplicativo tenham alta confiabilidade. “Quanto maior a participação da população e mais indicações de CPF nas notas fiscais tivermos, mais atualizadas e precisas serão as informações disponibilizadas. Até o momento, 207,5 milhões de notas alimentaram a base do aplicativo”, destaca Ricardo.

 

Pesquisas mais frequentes

As pesquisas mais frequentes são de itens como cerveja, leite, álcool gel, máscaras, picanha, arroz, óleo de soja e gasolina. Ao realizar a busca, o usuário pode informar o produto que deseja pesquisar por meio de sua descrição, marca ou código de barras. Os resultados, obtidos em um tempo médio de apenas 150 milissegundos, podem ser filtrados pelo raio máximo de distância e pela data que o preço foi praticado. Também há integração com aplicativos de navegação para facilitar o deslocamento na hora de buscar o menor preço.

A plataforma também ganhou destaque ao, em março de 2020, ainda no primeiro mês da pandemia, oferecer atalhos para consulta rápida de itens de prevenção ao coronavírus, como luvas, máscaras, álcool gel e até ao valor dos testes para Covid-19 nos laboratórios da rede privada. Conjuntamente, informações sobre fornecedores e contatos telefônicos para confirmação da disponibilidade de mercadorias antes de se deslocar até o local foram incluídas. Além de ajudar a sociedade a encontrar produtos preventivos essenciais, a novidade também vem auxiliando na fiscalização dos estabelecimentos quanto à prática de preços justos. “O aplicativo ajuda os cidadãos a encontrarem os produtos que necessitam, e com preço justo, sem a necessidade de ficar indo de estabelecimento em estabelecimento pesquisar preços. Neste momento em que as autoridades de saúde pedem o isolamento e saídas de casa apenas quando necessário, o Menor Preço pode auxiliar ainda mais as pessoas”, afirma Ricardo.

 

Sucesso do aplicativo motivou versão nacional

O sucesso do aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha resultou na criação de uma versão nacional, o Menor Preço Brasil. Desenvolvido também pela Receita Estadual e Procergs, está disponível para utilização de todos Estados brasileiros, conforme celebrado no Convênio de Cooperação Técnica nº 03/19, de 27 de setembro de 2019, do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Até o final de 2020 o aplicativo alcançou 15 Estados, 50 mil downloads e 15 milhões de consultas. A tecnologia, sem custo para o usuário, solicita login obrigatório pela conta gov.br que é um meio de acesso digital do usuário aos serviços públicos digitais. Essa conta, proposta pelo governo Federal, facilita a identificação e autenticação do cidadão, além do controle de acesso unificado de cada cidadão aos serviços digitais oferecidos pelos órgãos públicos. Dessa forma, com um único usuário e senha o login gov.br fornece um nível de segurança maior a todos.

 

Principais objetivos do Menor Preço Nota Gaúcha

O aplicativo fortalece ainda mais o programa Nota Fiscal Gaúcha, que já conta com 1,9 milhão de cadastrados, proporciona benefícios e economia aos consumidores e contribui para o aumento da arrecadação do Rio Grande do Sul, estimulando a emissão de notas fiscais. Ainda, a ampliação do relacionamento entre Estado e cidadão vai ao encontro do objetivo de pautar as ações do setor público cada vez mais pela transparência, bem como otimizar a experiência do usuário através de serviços digitais.

 

Como funciona o Menor Preço Nota Gaúcha

1. Baixe o Aplicativo Menor Preço Nota Gaúcha, disponível nas plataformas Android e iOS. Para a utilização dos serviços, é necessário o cadastro no programa Nota Fiscal Gaúcha, o que pode ser feito por qualquer cidadão que tenha CPF.

2. Informe o produto que você deseja pesquisar por meio de sua descrição, marca ou código de barras.

3. Filtre os resultados pelo raio máximo de distância da sua localização e pela data que o preço foi praticado.

4. Encontre os menores preços mais próximos de você. Como o mecanismo mostra o preço de acordo com a última nota de venda do produto com CPF emitida pelo estabelecimento, é importante verificar a data e horário em que a nota foi processada.

 

Principais números do Menor Preço Nota Gaúcha

• Downloads: 250 mil

• Total de pesquisas desde o lançamento: 11,5 milhões

• Total de itens informados nas pesquisas: 340,4 milhões

• Tempo médio de resposta: 150 milissegundos

• Quantidade de NFC-e que alimentaram os preços (com indicação de CPF participante do NFG): 207,5 milhões

• Total de NFC-e processadas no período: 3,1 bilhão

• Top 10 dos produtos mais pesquisados desde o lançamento: marca de cerveja, leite integral, leite, marca de cerveja, álcool gel 70%, máscara, picanha, arroz, óleo de soja e marca de cerveja


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela