Maria Luíza Alles explica sobre educação musical para bebês e crianças

16/07/2021
(Fotos: Divulgação)

(Fotos: Divulgação)

A artista e professora de música Maria Luíza Alles se inscreveu no Cadastro de Artistas, que é uma iniciativa do Departamento de Cultura de Dois Irmãos com o objetivo principal de mapear os artistas e atividades culturais da cidade. O cadastro também é uma forma da prefeitura ter acesso aos profissionais do setor para eventuais comunicados, como ocorreu na divulgação da Lei Aldir Blanc.

Maria Luiza canta, toca violão e ukulele. As crianças e a música são a motivação de sua vida, e por isso é professora de educação musical na FADI (Fundação Assistencial de Dois Irmãos) e na espaço Ser, na qual é sócio-proprietária juntamente com Priscila Razera Kuhn.

 

Como você descobriu que gostava de música?

Maria Luíza – Com 7 anos eu comecei a estudar o violão e com 8 eu acompanhava minha família que sempre esteve envolvida com música nos eventos e nos ensaios. Mais tarde, comecei a frequentar o coral da Herval e um dia o regente me convidou para fazer uma participação. A partir desse dia, comecei a cantar com frequência no coral da Herval e algum tempo depois também no Cantares, que tinha o mesmo regente.

 

Você sempre sonhou em seguir a sua profissão atual?

Maria Luíza – Eu sempre quis ser professora, então mais tarde fui fazer licenciatura em Música e me formo no ano que vem. Hoje eu dou aula de música para bebês e crianças aqui no espaço Ser e na FADI. Toco em casamentos e eventos em geral, mas atualmente a minha prioridade é a educação musical. 

 

Quais são os artistas usados nas aulas de educação musical?

Maria Luíza – A Galinha Pitadinha, o Mundo Bita, que é o que as famílias escutam muito, não é o que usamos aqui. Os artistas que eu utilizo nas aulas são muito específicos para educação musical e geralmente são artistas não conhecidos, já que a educação musical tem um objetivo bem específico de educar musicalmente, para as crianças estarem aprendendo algo teórico.

 

Você tem algum trabalho específico que gostaria de divulgar?

Maria Luíza – Depois da lei Aldir Blanc, eu fiz uma gravação de uma música minha que está no Spotify e se chama ‘De dó a dó na casa da vovó’. A música pode ser acessada pelo link: (open.spotify.com/track/2W7dczm0a9v0oVcDPSrTC1?si=e1fRRSqETvuE-egwk4tuig&dl_branch=1). O objetivo da educação musical é estimular uma habilidade musical nas crianças, e por consequência vai desenvolver outras habilidades do desenvolvimento integral dela. Então a música que fiz,“De dó a dó na casa da vovó”, tem um objetivo bem específico de trabalhar a escala ascendente e descendente da música e as notas musicais. Quando eu vou trabalhar essa música nas minhas aulas, eu quero que elas entendam que o grave é lá em baixo, aí sobe para o agudo e vai para cima, que elas compreendam as notas musicais, e a gente faz isso através dos instrumentos.

 

Por que aprender sobre música desde cedo é importante para as crianças?

Maria Luíza – Eu tenho só na minha aula de música 80 alunos de zero a seis anos. É comprovado cientificamente que educação musical, não só ouvir música, é atividade que desenvolve mais o cérebro, sendo a única atividade que desenvolve os dois lados do cérebro ao mesmo tempo. Ou seja, eles estão aprendendo música nas aulas, mas ao mesmo tempo trabalhando o desenvolvimento de várias outras habilidades, como atenção, fala, audição, concentração e socialização.


› Compartilhe

GALERIA DE FOTOS

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela