Bebê nasce empelicado no Rio de Janeiro e foto impressiona

17/09/2021
Fonte: Revista Crescer

Fonte: Revista Crescer

Quando nasceu, o pequeno Noah Gabriel já chegou impressionando os pais e os médicos. Filho de um apaixonado por futebol, o bebê nasceu empelicado, isto é, ainda dentro do saco amniótico. Após o parto, até o obstetra brincou: “o pai fanático por futebol e o filho nasceu ‘dentro da bola’”. Esse clique surpreendente foi feito pela fotógrafa Tatiana Peixoto Antonucci Simões, que mora no Rio de Janeiro e é mãe da Alice, de 4 anos, e do Gabriel, de 2 anos.

Em entrevista à CRESCER, a profissional conta que não é tão comum fotografar bebês empelicados. Dos 139 partos que ela já registrou, esse é o sétimo caso. “É sempre muito lindo presenciar um nascimento empelicado. Ver frente a frente (e poder fotografar) como o bebê fica dentro da barriga para mim é incrível!”, disse ela. Ao se deparar com o resultado das imagens captadas, Tatiana ficou muito empolgada. “Feliz demais de ter tido a oportunidade de fotografar algo tão incrível! E Noah ainda fez biquinho!! Aí mesmo que eu pirei [risos]. Já fotografei dois ‘Gabriel’ de parto empelicado, acredita? E esse é o nome do meu menino! Aí fica mais especial ainda”, relatou a mãe.

A mãe de Noah, a subgerente Raíza Gomes de Souza Santos, 24, já tinha visto fotos de bebês dentro do saco amniótico, porém nunca imaginou que seu filho viria ao mundo dessa forma. “Quando soube que era empelicado fiquei muito agradecida, acompanho as fotos da Tati e ficava muito admirada por cada momento que ela registrava”, declarou à CRESCER. O parto aconteceu no dia 1º de setembro.



 

Nasce uma mãe e uma fotógrafa

Tatiana Peixoto Antonucci Simões começou a se aventurar no mundo da fotografia depois que sua filha, Alice, nasceu, em 2017. Após ganhar a câmera do marido, ela passou a fotografar cada fase da pequena. Ao postar suas fotos nas redes sociais, a mãe começou a ganhar vários elogios e então decidiu tornar seu hobby em um negócio.

Em 2018, a fotógrafa fez seu primeiro ensaio profissional. “Recebi o convite de uma prima, uma das primeiras gestantes que fotografei, para registrar o parto. Na época, de cara rejeitei o convite, já tinha minha filha e sabia o quanto aquele momento era único e a responsabilidade que eu teria de registrar. Mas, ela insistiu muito e me convenceu! E sempre serei grata. Naquele dia, naquela sala, eu soube que era aquilo que eu queria fazer para sempre. Foi amor à primeira vista de verdade!”, ressaltou.


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Decoração do Natal dos Anjos começa a ganhar as ruas de Dois Irmãos

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela