Conheça o trabalho do Departamento de Meio Ambiente de Dois Irmãos

19/01/2022
Álan Kuhn, chefe do departamento

Álan Kuhn, chefe do departamento

O chefe do Departamento de Meio Ambiente de Dois Irmãos, Álan Kuhn, explica o papel importante da fiscalização ambiental e de ações de conscientização promovidos pelo setor. “Nós olhamos de cima, a quantidade de verde que tem em Dois irmãos. Isso é fruto da nossa insistência diária para manter a arborização da cidade. Se pegar uma foto da época de expansão, foi desmatado muito; hoje mudou bastante, a arborização urbana é linda”, comenta ele.

Para perceber o trabalho feito ao longo dos anos não é preciso ir longe; apenas ao sair pelas ruas da cidade é possível perceber que existem árvores, canteiros, pássaros cantando em praticamente cada parte do município e a ausência de lixo deixado de forma inadequada. Algo que os residentes estão acostumados é uma raridade em diversos municípios e fruto do trabalho contínuo do Departamento do Meio Ambiente, em conjunto com a colaboração da sociedade.

 

Animais resgatados

Um dos mais recorrentes resgates tem sido o de aves silvestres mantidas em cativeiro. Como é uma operação que demanda a ida até a residência da pessoa, algumas complicações já ocorreram. “Ameaças de acerto de contas são recorrentes na parte da fiscalização”, diz Álan. Por isso, eles contam agora com o apoio da Patrulha Ambiental (Patram) da Brigada Militar em ocorrências deste tipo.

Ao resgatar o passarinho, eles conseguem saber se ele foi recentemente capturado da natureza, pois normalmente fica agitado na gaiola e com o bico machucado por tentar sair. Nesses casos, as aves têm a sua soltura feita em alguma área verde do município. Nas vezes em que o pássaro não se mexe muito e está acostumado com a gaiola, é enviado para o IBAMA, que faz a readaptação antes de liberá-lo para a natureza novamente.

Existem também casos de animais atropelados, feridos ou filhotes abandonados. Nessas situações, o Departamento de Meio Ambiente pode ser acionado e os animais são encaminhados para uma clínica veterinária de animais silvestres. Álan conta quais são os animais mais resgatados no município: “Achamos trinca-ferro, cardeal, azulão, canarinho terra. Temos muitos casos também de animais atropelados, como filhotes de bugio, coruja, sabiá e gambá.”

 

Metas ambientais para 2022

Como um dos problemas comuns no município é o atropelamento de bugios, o Departamento de Meio Ambiente tem a pretensão de criar travessias aéreas pela cidade. O corredor ecológico é uma mancha de vegetação que se estende por um vasto território. Quando uma rua atravessa um corredor ecológico, muitos bugios acabam atropelados. Por esta razão, eles pretendem fazer travessias aéreas em pontos estratégicos com correntes e escadas para os bugios não precisarem atravessar a rua.

Outras metas são: adicionar mais alguns pontos de bituqueiras pela cidade, fazer uma repovoação dos arroios com filhotes de peixes quando passar o período de seca e identificar as espécies de árvores no Parque Municipal Romeo Benício Wolf. No futuro, o departamento também tem a pretensão de reduzir o uso de sacolas plásticas na cidade e criar uma reserva ecológica.

 

(Por Giordanna Benkenstein Vallejos)


› Compartilhe

GALERIA DE FOTOS

  • Instagram
  • doação de sangue

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela