RGE registra quase 2 mil colisões de veículos contra postes em 2020

20/05/2021
Em 2021, pelo menos uma ocorrência já foi registrada em Dois Irmãos

Em 2021, pelo menos uma ocorrência já foi registrada em Dois Irmãos

No mês da campanha de segurança no trânsito Maio Amarelo, um levantamento realizado pela RGE mostra que foram registradas 1.981 colisões de veículos contra postes da companhia em 2020, em todas as cidades de sua área de atuação. O número representa uma diminuição de 66,9% em relação a 2019, que teve um total de 5.988 casos.

– Os acidentes contra postes constituem umas das principais causas de ocorrências na rede elétrica do grupo. A RGE trabalha constantemente com ações de prevenção de acidentes com a rede elétrica, e no trânsito essa conscientização também deve ocorrer. Mesmo com uma diminuição significativa no número de acidentes entre 2019 e 2020, a segurança é um assunto de extrema importância – afirma o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Vitor Lopes.

De acordo com o estudo da distribuidora, que atende 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, Caxias do Sul lidera o ranking de acidentes com postes, totalizando 122 ocorrências em 2020, uma redução de 69% frente a 2019. Em segundo lugar vem Gravataí, com 69 casos, uma redução de 64,6% em relação ao ano anterior, e, na sequência, Farroupilha registrou 61 ocorrências, também com queda de 53% nos acidentes.

A redução significativa no número de ocorrências também aconteceu em Dois Irmãos, que teve 36 registros em 2019 e apenas seis em 2020. Em Morro Reuter, foram cinco colisões no ano passado contra 10 no ano anterior.

 

SEM LUZ

Acidentes que envolvem colisões contra postes da rede de distribuição normalmente resultam em ocorrências de interrupção no fornecimento de energia elétrica. Somente em 2020, cada ocorrência dessas demandou, em média, três horas de serviços da companhia no trabalho de substituição de poste, reconstrução de rede de distribuição e restabelecimento da energia. Dependendo da gravidade do acidente, as equipes de campo precisam também aguardar a realização dos trabalhos da perícia policial para poder então iniciar o trabalho de manutenção.

 

PREJUÍZOS

Além do risco à segurança, os responsáveis pelos acidentes contra postes podem amargar prejuízos financeiros. Nos casos em que a distribuidora identifica o culpado legal, este deve arcar com os danos causados ao patrimônio da concessionária. A substituição de um poste pode variar, dependendo do modelo, entre R$ 2 mil e R$ 3 mil.

Essa diferença leva em consideração os equipamentos instalados tanto pela distribuidora de energia como pelas empresas que ocupam a estrutura. Por exemplo, um poste com iluminação pública simples tem menor valor que aquele que sustenta um transformador de energia e equipamentos de telecomunicação.

 

DOIS IRMÃOS

2020: 6 / 2019: 36

 

MORRO REUTER

2020: 5 / 2019: 10

 

(Fonte: RGE / Foto: Arquivo JDI)


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela