Neve, ondas de frio e pouca chuva: saiba como será o inverno no RS

21/06/2022
Fonte: GZH / Foto: Octacílio Freitas Dias

Fonte: GZH / Foto: Octacílio Freitas Dias

O inverno começou nesta terça-feira (21), às 6h14min no horário de Brasília. Quatro ondas de frio e neve em julho são esperadas para a estação, que se estende até as 22h04min de 22 de setembro. As previsões indicam temperaturas típicas de inverno, que deverá ser mais seco devido ao fenômeno La Niña.

 

Ondas de frio

São esperadas quatro ondas de frio durante o inverno, de acordo com a Climatempo. Julho terá temperaturas mínimas dentro da média no Estado, que costumam ficar entre 6°C e 12°C. A primeira será entre o fim de junho e início de julho. Outras duas devem ser registradas em julho: uma na primeira quinzena e a outra, no fim do mês. Em agosto, será a última, com uma massa de ar frio de origem polar com forte intensidade.

Para agosto e setembro, a previsão é do registro de temperaturas dentro das médias para o período, mas haverá dias de calor e temperatura acima da média na última quinzena de setembro.

 

Influência do La Niña

Ainda de acordo com a Climatempo, o fenômeno La Niña impactará o inverno deste ano no país com intensidade de fraca a moderada. Assim, o fenômeno deve causar redução do volume e frequência de chuva no sul, o que pode significar uma estação mais seca no Estado. Além disso, o La Niña será o responsável pelo aumento da quantidade de frentes frias pelo centro e o sul do Brasil durante o período.

– O La Niña está atuando há três anos no Oceano Pacífico e tende a deixar a atmosfera mais fria e também mais seca em áreas do globo, enquanto, em outras, a chuva é mais volumosa. É responsável por reduzir a chuva na Região Sul, o que aconteceu durante o verão – explica Carine Gama, meteorologista da Climatempo.

 

Geadas

Geadas são esperadas para o Estado durante todo o inverno, as mais fortes para julho. Em agosto também é possível a ocorrência do fenômeno, mas de forma menos abrangente e com menor intensidade do que em julho. Para setembro, quando é esperada a elevação da temperatura, a chance de geada é menor, mas ainda poderá acontecer nos municípios da Serra e do extremo sul do Estado.

 

Neve

A neve é esperada para julho nas áreas mais altas do Rio Grande do Sul, como em municípios da Serra, durante a passagem das ondas de frio esperadas para o mês de julho.

– Temos a possibilidade de neve em julho por conta da combinação do aumento da umidade com a passagem de uma frente fria e de uma queda acentuada na temperatura – explica Carine.

 

Chuva

Devido à ação do La Niña, a expectativa é de chuva abaixo da média na Região Sul nos meses de julho, agosto e setembro. Porém, durante o mês de agosto, algumas áreas do sudoeste gaúcho poderão ter volume de chuva acima do normal. Em setembro, a chuva acima da média poderá ser observada no extremo sul do Estado.


› Compartilhe

  • doação de sangue
  • Instagram

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela