Verão será de pouca chuva e calor acima da média no RS

21/12/2021
Fonte: GZH / Foto: Octacílio Freitas Dias

Fonte: GZH / Foto: Octacílio Freitas Dias

O verão que se inicia nesta terça-feira (21), às 12h59min, será mais quente do que o habitual, além de seco, com pouca chuva e risco de estiagem no Rio Grande do Sul. Tudo isso por causa do La Niña, que, desde a metade de outubro, age sobre o Oceano Pacífico Equatorial, aumentando as precipitações na área centro-norte do Brasil e, por outro lado, diminuindo em toda a região Sul do país.

A previsão é de que os termômetros fiquem um grau acima da média no Estado, mas podem chegar a dois graus e meio acima da média nas regiões Oeste e Noroeste, onde costuma fazer 34°C.

— Facilmente, bateremos a casa de 38°C em diversas cidades, em vários dias, durante a estação — adianta a meteorologista Carine Gama, da Climatempo.

E a chuva, quando cair sobre o Estado durante os próximos meses, mal terá tempo de aliviar o calorão:

— Vai chover, mas em pouca quantidade. Chove um dia e, depois, para. Quando a chuva acontecer, será irregular, com curto período de duração. Não teremos chuvas espalhadas, ocorrendo por todo o Estado. Até pode ter temporal, com enchente, alagamento, mas vai durar poucas horas.

O Centro e o Oeste serão as áreas mais afetadas pela baixa ocorrência de chuva, mas também poderá haver prejuízos para o Noroeste e o Sudoeste. Para janeiro, a previsão é de volume de 100 milímetros abaixo do normal na metade Sul. Em fevereiro, o cenário piora para a Fronteira Oeste e o Extremo Sul, onde a chuva deve ficar entre 100 e 150 milímetros abaixo do esperado. Março será ruim para todas as regiões: a chuva será de 70 a 150 milímetros abaixo do normal em todo território gaúcho.

— Vai ser um desafio para diversos setores: abastecimento de água nas represas, agricultura — reconhece a meteorologista.

 

Tempo instável

O primeiro dia do verão é marcado por tempo instável em todo o RS. A terça-feira (21) até começou ensolarada em algumas regiões, mas áreas de baixa pressão atmosférica, que atuam na Argentina e no Litoral, provocam chuva fraca. Havia previsão de temporais no sul gaúcho e na Região Nordeste.

Na quarta (22), o tempo continua instável na maioria das regiões, principalmente no Norte, no Noroeste e no Nordeste, onde as precipitações podem ser fortes. O tempo fica firme em parte do sul do RS. O maior acumulado de chuva é estimado em 32mm e deve ser registrado em Monte Alegre dos Campos, na Serra. A temperatura cai um pouco se comparada com a de terça e a máxima não passa de 34°C, prevista para cidades como Vicente Dutra, Quevedos e Porto Xavier. Em Dois Irmãos, os termômetros variam de 20°C a 29°C.


› Compartilhe

  • JDI digital

COLUNAS

Ruminações poéticas

Ruminações poéticas

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Playlist #54

Playlist #54

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Ruminações ranzinzas

Ruminações ranzinzas

Pitter Ellwanger   05/08/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela