Exportação de ovos cresce 150,6% no primeiro bimestre de 2021, diz ABPA

23/03/2021
Fonte: G1

Fonte: G1

A exportação de ovos no Brasil cresceu 150,6% em volume no primeiro bimestre de 2021, comparado com o mesmo período do ano passado, de acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Em receita, o aumento foi de 152,8%. No início deste ano, mais de 3 mil toneladas foram enviadas ao exterior, arrecadando US$ 4,128 milhões.

Olhando apenas para fevereiro, com 1,552 mil toneladas embarcadas, a alta do volume foi 247,9% superior ao mesmo mês em 2020, quando apenas 446 toneladas foram vendidas no mercado externo. Em receita, o crescimento deste mês também foi grande: US$ 2,099 milhões, saldo 172,8% maior que os US$ 769 mil realizados no mesmo período comparativo. Os principais destinos das exportações de ovos do Brasil foram os Emirados Árabes Unidos, compradores de 2,356 mil toneladas no primeiro bimestre deste ano, 209% a mais do que em 2020, e Serra Leoa, que consumiu 103 toneladas do produto, seguida pelo Japão, com 89,2 toneladas.

– A forte elevação das exportações em 2021 retoma os patamares de embarques praticados antes da pandemia. O saldo das vendas incrementa as divisas geradas pelo setor produtivo em um momento especialmente importante para o setor de ovos, com os fortes custos produtivos – avalia Ricardo Santin, presidente da ABPA.


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela