Dois Irmãos espera completar vacinação em todas as faixas etárias até o final de 2021

23/09/2021
Vacinação em Dois Irmãos começou no dia 19 de janeiro (Foto: Arquivo JDI)

Vacinação em Dois Irmãos começou no dia 19 de janeiro (Foto: Arquivo JDI)

A vacinação no Rio Grande do Sul já atingiu com a primeira dose da vacina 69,4% da população do Estado, segundo o Mapa da Vacinação contra Covid-19 no Brasil, produzido pelo portal de notícias G1. No município de Dois Irmãos, foram administradas 22.570 primeiras doses e 13.293 segundas doses da vacina, num total de 35.863. Tendo uma população estimada em 33.547 habitantes (IBGE), o número de doses aplicadas é otimista.

Em entrevista do JDI, Melissa Pereira Bolson, enfermeira responsável pelas imunizações do município de Dois Irmãos, informa sobre a previsão da imunização total da população dois-irmonense, explica a respeito da terceira dose da vacina para idosos e fala sobre os impasses da vacinação no município.

 

No ritmo atual, quando todas as faixas etárias estarão com a primeira e a segunda dose?

Melissa – Final de dezembro deste ano, mas é claro que dependemos do recebimento de doses e do comparecimento da população na vacinação.

 

Existe previsão da terceira dose para idosos?

Melissa – A previsão de terceira dose é para todos os idosos, independente do laboratório da vacina recebida, desde que se tenha um intervalo de seis meses após a 2ª dose. Lembrando que esta população não recebeu a vacina de dose única. A vacinação aqui no município está iniciando pelos idosos das Instituições de Longa Permanência (ILPs). As equipes das ESF (Estratégia Saúde da Família) já estão se organizando para realizar a vacinação.

 

Em qual faixa etária houve maior dificuldade de atingir a meta de vacinas?

Melissa – Na verdade não teve uma faixa etária específica, a vacinação da Covid-19 como um todo está sendo muito desafiadora. O que posso pontuar é que, apesar de todos os esforços e busca ativa, ainda tem idosos que recentemente estão fazendo a primeira dose.

 

Existe algum impasse enfrentado pelo município que precisa ser resolvido?

Melissa – A realização de uma campanha desta amplitude em plena pandemia foi muito desafiadora, pois permeia por vários outros segmentos, não só a saúde. O impasse maior no meu ponto de vista foi o quantitativo recebido, principalmente no início da campanha, que era insuficiente para a demanda; e a falta de programação e cronograma por parte do Estado no recebimento de doses, o que implica diretamente na organização das ações de vacinação no município.

 

Como saber mais sobre as vacinas:

Através do site da prefeitura (https://doisirmaos.atende.net/cidadao/noticia), pelas redes sociais (https://www.facebook.com/pmdirs e @prefeituradoisirmaos) e pelo telefone (51) 35648800.

 

(Por Giordanna Benkentein Vallejos)


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela