Pescador tem convulsões e paradas cardíacas após pisar em um peixe-leão em praia do Ceará

28/04/2022
Fonte: Estadão Conteúdo

Fonte: Estadão Conteúdo

Popularmente conhecido como peixe-leão, o Pterois volitans é uma espécie peçonhenta, predatória e agressiva a outros peixes e invertebrados marinhos. No Ceará, um pescador sofreu convulsões e paradas cardíacas após pisar em um peixe-leão, na Praia de Bitupitá, do município de Barroquinha, no litoral do Estado. Por causa do envenenamento, o pescador ficou internado por quase uma semana.

O caso foi confirmado pelo professor Marcelo Soares, do Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará.

— O peixe-leão é uma espécie invasora, que surgiu no extremo oeste do Ceará entre Bitupitá e Itarema. Ele foi encontrado em regiões consideradas rasas, entre 0 e 8 metros de profundidade. Até agora, foram encontrados 30 peixes, mas, à medida que os anos foram passando, a quantidade pode aumentar se não houver um controle ambiental por parte das autoridades — explica o professor.

O animal representa uma ameaça tanto à saúde humana quanto a outras espécies marinhas, causando também elevados prejuízos ambientais e socioeconômicos, já que atrapalha a pesca artesanal, pois ele se alimenta de espécies nativas de peixes e camarões e não tem um predador natural. Além de prejuízos também ao turismo local. Soares explica ainda que o peixe-leão possui 18 espinhos venenosos. Em contato com um humano ou outro animal, ele libera um veneno que injeta neurotoxinas, o que causa febre, convulsões e dores intensas no local do ferimento.

— O peixe-leão se reproduz rapidamente e consegue sobreviver em diferentes habitats, alcançando grandes profundidades no mar, que variam de um a cem metros, tornando seu manejo difícil. Por isso, é necessário que haja uma ação em nível nacional, com urgência, para combater a espécie invasora — recomenda Soares.

No último mês de março, oito peixes-leão foram capturados no norte do Ceará. Um foi encontrado no município de Camocim, enquanto os outros sete foram achados em Acaraú, Cruz e no Parque Nacional de Jericoacoara, uma das praias do Ceará mais visitadas por turistas.


› Compartilhe

  • doação de sangue
  • Instagram

COLUNAS

Melhor seguir filtrando

Melhor seguir filtrando

Pitter Ellwanger   01/07/2022

Playlist #48

Playlist #48

Pitter Ellwanger   01/07/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela