Veterinário Jônatas explica a importância do passeio para os cães

28/06/2021
Jônatas Grellmann Breunig

Jônatas Grellmann Breunig

De acordo com o veterinário da Doctorvet, Jônatas Grellmann Breunig, o passeio com os cães é fundamental, independente de o animal estar em uma casa ou em um apartamento. O principal benefício para os cães com o passeio é a diminuição da ansiedade e da obesidade canina.

O mais comum em um cão com ansiedade é se alimentar muito rapidamente e ter um comportamento destrutivo roendo objetos, ficar correndo em círculos ou vocalizando com frequência. Já os cães com obesidade precisam ter um déficit energético, ou seja, comer menos que eles ganham de alimento para eles poderem emagrecer. Quando o cão vai passear, ele tem contato com outras pessoas, outros animais, veículos passam na rua e com isso ele começa a se habituar ao ambiente. Dessa forma, cães que passeiam ficam com menos medo e menos ansiedade do que um cachorro que fica preso.

O veterinário conta que a qualidade e a expectativa de vida do cão pode ser encurtada devido à falta de atividades físicas. E que para melhorar a função cardiorrespiratória e problemas urinários o passeio é recomendado inclusive como uma forma de tratamento. Então, passear não deve ser visto apenas como uma atividade lúdica, mas sim como um tratamento ou uma forma de prevenção de doenças. 

 

Passeio da forma correta

Para um passeio seguro durante a pandemia, é necessário usar máscara, álcool gel e fazer distanciamento. O tempo do passeio depende do nível de energia de cada cão, mas o mínimo recomendado é uma vez ao dia por pelo menos 15 minutos.

Até agora não está comprovado que o cão possa ser um transmissor do coronavírus, mas para os cães que vão muito à rua é indicada a higienização dos pés com um pano úmido ou lenços umedecidos específicos. Isso especialmente para os que ficam dentro de casa, porque eles sobem no sofá, na cama e podem estar trazendo bactérias e parasitas para dentro de casa.

No inverno, os cães não têm muitos problemas relacionados com o frio, se o cão treme é interessante botar uma roupa, mas de modo geral eles não têm muito problema nos passeios durante as estações mais frias.

No verão, é preciso tomar cuidado nos horários mais quentes do dia, que normalmente são no final do dia. As pessoas se enganam muitas vezes, mas no final do dia é muito mais quente para o cão, porque principalmente na cidade o asfalto e as calçadas ficam mais quentes porque passou o dia todo ensolarado. Então, no verão, o ideal seria passear com os animais bem cedo. O veterinário Jonatas relata que os casos de internação por excesso de calor normalmente ocorrem das três da tarde em diante, porque acumulou o sol do dia inteiro, mas já está mais fresco na rua para as pessoas.

 

(Por Giordanna Benkenstein Vallejos)


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Decoração do Natal dos Anjos começa a ganhar as ruas de Dois Irmãos

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela