Com mais 11.801 vagas em agosto, RS abre 118,8 mil postos com carteira no ano

30/09/2021
Fonte: GZH

Fonte: GZH

O Rio Grande do Sul engatou o oitavo mês consecutivo com saldo positivo na geração de emprego com carteira assinada. Ou seja, mais contratou do que demitiu. O Estado abriu 11.801 vagas em agosto, segundo dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência nesta quarta-feira (29).

No ano, são 118.816 postos abertos em solo gaúcho com a nova atualização. Mesmo no azul, esse montante ainda é menor ante o total de vagas fechadas entre março e junho do ano passado, 138.322, durante o auge dos estragos causados pela pandemia de coronavírus no mercado de trabalho. No acumulado de 12 meses, o saldo positivo está em 188.098.

O saldo de agosto no Estado ocorre diante de 109.402 admissões e 97.601 demissões. Na comparação com julho, quando foram abertas 14.202 vagas, agosto registra rápida perda de ritmo na geração de emprego no mercado formal. Em agosto do ano passado, marcado pela busca de retomada em meio à pandemia, o Estado abriu 6.418 postos. Entre os setores presentes na pesquisa, serviços e comércio lideram. Juntos, esses dois segmentos da economia somam a geração de 10.197 vagas. Na sequência, figuram construção e agropecuária. Indústria é o único setor com resultado negativo no mês.

A economista da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS) Giovana Menegotto afirma que o bom desempenho de serviços e comércio ainda ocorre na esteira da reabertura das atividades econômicas e da maior circulação diante do avanço da vacinação.

— Tem o aspecto de maior controle da pandemia, que dá uma perspectiva de maior segurança para as pessoas poderem ir retomando a demanda de serviços que dependem de atendimento presencial — observa a economista.

 

Brasil

O comportamento do mercado formal no Estado também é observado nacionalmente. No entanto, o país, além de registrar saldo positivo, avançou em relação ao mês anterior. Em agosto, o Brasil criou 372.265 novas vagas de trabalho com carteira assinada. O saldo é o resultado de um total de 1.810.434 admissões e 1.438.169 desligamentos. O volume é superior na comparação com o montante de julho (+303.276).

No acumulado no ano, o saldo subiu para 2.203.987 postos ocupados, decorrente de 13.082.860 admissões e de 10.878.873 demissões. Nos últimos 12 meses, são 3.201.675 postos. Serviços, comércio e indústria lideram no recorte entre setores no país.


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Um mundo melhor está próximo!

Um mundo melhor está próximo!

Coluna da Fé   09/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela