Dois Irmãos registrou quase 300 internações por Covid-19 desde o início da pandemia

16/07/2021
(Foto: Octacílio Freitas Dias)

(Foto: Octacílio Freitas Dias)

Conforme levantamento divulgado pelo Departamento de Saúde de Dois Irmãos, o município registrou 293 internações por Covid-19 desde o início da pandemia. Foram 86 internações em 2020 e 207 até o último dia 14 de julho. Sobre as internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), foram 23 em 2020 e 48 até a última quarta-feira. Óbitos pela doença foram 34 em 2020 e 36 até aqui, em 2021, totalizando 70.

A partir dos boletins publicados pela prefeitura, é possível apontar que o pico de internações ocorreu no dia 25 de março deste ano, quando 33 moradores de Dois Irmãos estavam hospitalizados. Na mesma semana, a taxa de ocupação dos leitos clínicos do Hospital São José, que conta com nove leitos Covid-19 para atender pacientes de Dois Irmãos, Morro Reuter e Santa Maria do Herval, também alertava para um período crítico na cidade: no dia 24 de março, eram 27 pessoas internadas, elevando a ocupação para 300%.

Pouco mais de três meses depois, coincidindo também com a intensificação da vacinação no país, o cenário traz mudanças significativas. Entre os dias 30 de junho e 15 de julho, a taxa de ocupação da casa de saúde dois-irmonense não passou de 80%. Em 30 de junho e 1º de julho, eram 7 pessoas internadas (77,8%) e de 2 a 15 de julho, o número caiu para 5 (55,6%), com exceção ao dia 7 de julho, quando o número de internações foi de 4 (44,5%).

Os boletins diários da prefeitura também demonstram queda nas internações de moradores da cidade. Entre 30 de junho e 14 de julho, o maior número de hospitalizações foi registrado nos dias 5 e 6 de julho: 6 moradores. Já o boletim do dia 15 apontava uma internação.

 

Internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)

Ainda conforme dados compartilhados pela Saúde, desde o início da pandemia ocorreram outras 344 internações (120 em 2020 e 224 até 14 de julho de 2021) por suspeita de Covid-19, mas todas foram descartadas e classificadas, então, como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), quando as pessoas têm sintomas gripais que são parecidos com os da Covid. Nestes casos, foram 82 internações em UTI (31 em 2020 e 51 até 14 de julho de 2021). Houve 78 óbitos (41 em 2020 e 37 até 14 de julho de 2021).

 

Vacinação

Na esperança de que os números sigam em uma tendência de queda, conta-se com o avanço na vacinação e, também, que a população siga respeitando os protocolos sanitários, como o uso de máscara e álcool gel, além de evitar aglomerações.

Conforme divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), até esta quinta-feira (15), 21.074 doses de vacina contra a Covid-19, incluindo CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen, foram destinadas a Dois Irmãos. A última atualização no site da SES aponta a aplicação de 18.475 doses, o que corresponde a 87,7% (13.083 de 1ª dose, 4.527 de 2ª dose e 865 doses únicas). Porém, nestes números, não constam as atualizações referentes às últimas aplicações realizadas no município na quarta-feira (14). Conforme informações compartilhadas pela prefeitura na manhã desta quinta, já são 18.579 doses aplicadas (14.225 de 1ª dose e 4.354 de 2ª dose ou dose única).

A primeira remessa de imunizantes, de 400 doses da CoronaVac, chegou à cidade no dia 19 de janeiro, marcando o início da imunização no município.

 

Doses destinadas até 14 de julho:

- 9.890 da AstraZeneca (Maior remessa: 1.370 doses, recebida em 4 de maio);

- 7.520 da CoronaVac (Maior remessa: 1.160 doses, recebida em 2 de abril);

- 2.784 da Pfizer (Maior remessa: 528 doses, recebida em 9 de julho);

- 880 da Janssen (Maior remessa: 670 doses, recebida em 5 de julho).

 

Doses aplicadas, conforme site da SES, às 14h do dia 15 de julho:

 

18 a 19 anos

1ª dose: 68 pessoas

2ª dose: 25 pessoas

Dose única: 3 pessoas

 

20 a 24 anos

1ª dose: 240 pessoas

2ª dose: 64 pessoas

Dose única: 13 pessoas

 

25 a 29 anos

1ª dose: 344 pessoas

2ª dose: 95 pessoas

Dose única: 20 pessoas

 

30 a 34 anos

1ª dose: 446 pessoas

2ª dose: 146 pessoas

Dose única: 28 pessoas

 

35 a 39 anos

1ª dose: 598 pessoas

2ª dose: 151 pessoas

Dose única: 41 pessoas

 

40 a 44 anos

1ª dose: 1.225 pessoas

2ª dose: 147 pessoas

Dose única: 497 pessoas

 

45 a 49 anos

1ª dose: 1.800 pessoas

2ª dose: 98 pessoas

Dose única: 174 pessoas

 

50 a 54 anos

1ª dose: 1.880 pessoas

2ª dose: 75 pessoas

Dose única: 73 pessoas

 

55 a 59 anos

1ª dose: 1.935 pessoas

2ª dose: 70 pessoas

Dose única: 13 pessoas

 

60 a 64 anos

1ª dose: 1.470 pessoas

2ª dose: 828 pessoas

Dose única: 3 pessoas

 

65 a 69 anos

1ª dose: 1.156 pessoas

2ª dose: 1.114 pessoas

 

70 a 74 anos

1ª dose: 822 pessoas

2ª dose: 738 pessoas

 

75 a 79 anos

1ª dose: 502 pessoas

2ª dose: 404 pessoas

 

80 anos ou mais

1ª dose: 597 pessoas

2ª dose: 572 pessoas


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela