RS registra mais 45 mortes por Covid; uma em cada três pessoas está imunizada

26/08/2021
Fonte: G1 RS

Fonte: G1 RS

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) do Rio Grande do Sul confirmou nesta quarta-feira (25) mais 45 mortes por Covid-19. A maioria delas ocorreu entre 11 e 24 de agosto, exceto 11, que são de datas anteriores. Com isso, o Estado soma 34.056 vítimas da doença em toda a pandemia. A média móvel de mortes segue em estabilidade, mas, desta vez, com a mesma média de duas semanas atrás. Aconteceram, em média, 30 óbitos diários.

 

Vacinação

Mais de 3,8 milhões de residentes no RS já receberam as duas doses ou a vacina de dose única. Isto significa que 33,2% da população ou uma em cada três pessoas está com o esquema vacinal completo. Ao todo, mais de 7,37 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose, o equivalente a 64,5% do total de residentes no Estado.

O governo do RS previa chegar até esta quarta (25) a 100% da população com 18 anos ou mais imunizada ao menos parcialmente. No entanto, até a tarde de ontem, estava em 85% desta faixa etária com ao menos uma dose e longe da meta. Conforme o coordenador da Rede Análise Covid-19, Isaac Schrarstzhaupt, nenhuma medida de prevenção à transmissão deve ser flexibilizada neste momento, principalmente com o aumento de casos da variante delta. “Por ser mais transmissível, tende a aumentar a necessidade de pessoas completamente vacinadas. O cálculo de 70% foi feito com a variante menos transmissível. Se continuarmos transmitindo, estamos jogando contra a própria vacina”, afirma.

A SES informou que, até o momento, não recebeu orientação do Ministério da Saúde sobre dose de reforço. Nesta quarta, o Ministério anunciou que a dose de reforço será oferecida no Brasil a partir de 15 de setembro para idosos com mais de 70 anos e pessoas com baixa imunidade. O consórcio de veículos de imprensa utiliza dados atualizados do IBGE e considera imunização completa apenas com ambas as doses ou a vacina da Janssen. Logo, os dados podem diferir levemente dos levantamentos oficiais das secretarias de Saúde.

 

Casos

O Estado tem 1.403.339 casos confirmados desde o começo da pandemia. Nas últimas 24 horas, a SES identificou 1.598 novos infectados pelo coronavírus, o que mantém o alerta dado por Schrarstzhaupt. “É como se cada pessoa vacinada fosse um tijolo em um muro que estamos construindo, mas, ao transmitir, a gente vai lá e dá uma martelada no mesmo muro”, compara.

Do total, 1.360.794 (97%) estão recuperados, 8.395 (0,6%) seguem em acompanhamento, e a taxa de letalidade é de 2,4%. Porém, a média móvel de casos está em queda, em comparação com 14 dias atrás, com uma variação de -18%.

 

Hospitalizações

A taxa de ocupação dos leitos de UTI voltou a subir e está um pouco abaixo de 61%. Na tarde desta quarta haviam 2.028 pacientes para 3.340 vagas, 20 a mais do que no dia anterior. No entanto, os leitos privados, a taxa de ocupação voltou a ficar abaixo de 80%, nível considerado crítico. Pelo menos cinco regiões Covid apresentam superlotação neste segmento, e outras duas estão operando acima do ideal. Nas outras 14, o sistema não está pressionado. Entre os internados, a quantidade de pacientes com coronavírus ou suspeita de síndrome respiratória aguda grave baixou para 35%.


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela