Estado registra mais 10 mortes e chega a 37.185 óbitos por Covid-19

07/02/2022
Fonte: g1 RS

Fonte: g1 RS

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) notificou nesta segunda-feira (7) mais 10 mortes causadas pela Covid-19. Elas aconteceram entre 2 e 6 de fevereiro. Com isso, o Rio Grande do Sul tem 37.185 vítimas do coronavírus em toda a pandemia. A média móvel de mortes segue em alta e, assim como no dia anterior, atingiu os 45 óbitos diários. Este patamar é o mais alto desde agosto de 2021. Na comparação com duas semanas atrás, quando a média era de 20 vítimas diárias, o aumento foi de 123%.

 

Casos

A SES divulgou, também, 4.690 novos casos conhecidos de Covid. Assim, o RS chega a 1.932.262 infecções em toda a pandemia. O número de pessoas com o vírus ativo no organismo (124.409) teve uma queda, e a proporção reduziu para 6,4% do total de casos. Outras 1.770.553 pessoas são consideradas recuperadas (91,7%). Já a taxa de letalidade aparente, que é a proporção de mortes entre casos conhecidos, é de 1,9%.

Apesar desses aumentos, a média móvel de casos tem variação de -6% em relação a duas semanas atrás, o que é considerado estabilidade. Ainda assim, a média diária está estabilizada no maior patamar da pandemia até aqui com 15.138 novas infecções conhecidas diariamente no estado.

 

Internações

A taxa de ocupação de leitos de UTI no Rio Grande do Sul teve um novo avanço, para 63% da capacidade. São 1.933 pessoas internadas em 3.078 vagas, 22 a mais do que no fim de semana. Nos leitos particulares, o nível é considerado crítico, já que a ocupação é de 82%. Ao mesmo tempo, baixou para 35% o percentual de pacientes com confirmação ou suspeita para Covid-19. Nas enfermarias, porém, são 1.290 pessoas com coronavírus confirmado e outras 292 com suspeita da doença, o que confirma uma estabilidade no sistema de saúde pelo menos na última semana.

As regiões de Uruguaiana, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Pelotas têm superlotação nos leitos privados. Já Passo Fundo, Capão da Canoa e Porto Alegre têm lotação acima da média.

 

Vacinação

O vacinômetro da SES foi atualizado com 17 mil aplicações a mais nas últimas 48 horas. A maioria delas como doses de reforço. São 2.978.599 pessoas, ou seja, 25,9% da população gaúcha com o esquema atualizado com três doses ou duas para quem recebeu a primeira da Janssen. Além disso, outras 107.456 doses adicionais foram aplicadas em pessoas com baixa imunidade.

A primeira dose das vacinas CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca foi aplicada em 9.057.919 pessoas (78,9%). Inclusive, 72,5 mil crianças entre cinco e 11 anos, que correspondem a 7,5% deste público. Há, ainda, 8.372.711 pessoas (73%) com as duas doses das vacinas CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca ou a dose única da Janssen.


› Compartilhe

  • doação de sangue
  • Instagram

COLUNAS

Na madrugada

Na madrugada

Escritores locais   06/07/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela