Risco de morte por Covid-19 em jovens é três vezes maior para pessoas não vacinadas

11/07/2022
Fonte: SES

Fonte: SES

Uma nova análise da Secretaria da Saúde (SES) aponta que, em 2022, o risco de morte por Covid-19 entre os jovens de 12 a 29 anos foi 3,2 vezes maior para quem não foi vacinado com nenhuma dose em comparação com quem tinha, ao menos, o esquema primário completo (duas doses ou dose única). É justamente nesta faixa etária, entre as pesquisadas, que ocorre o maior número de pessoas que não fizeram ainda nem a primeira dose e que não completaram o esquema básico.

O aumento no risco de óbito pelo coronavírus também é perceptível nas demais idades. Entre os adultos dos 30 aos 59 anos, uma pessoa sem nenhuma dose teve 5,1 vezes mais chance de morte por Covid-19 que uma pessoa com esquema primário completo. Entre os idosos, essa razão de risco foi 5,7 vezes maior.

Pela análise, a faixa dos 12 aos 29 anos é a que apresenta pior cobertura vacinal. Enquanto a porcentagem de pessoas com, ao menos, esquema primário completo (duas doses ou dose única) é de 93% na faixa dos 30 aos 59 anos e de 98%, nas pessoas acima dos 60 anos, esse índice no intervalo dos 12 aos 29 anos é de 82% apenas. Além disso, quase 7% da população nesta idade não fez ainda nem a primeira dose, o que representa cerca de 194 mil pessoas, proporção maior do que nas demais faixas.

 

Segunda dose em atraso

Também é a população adolescente e adulta jovem a com maior número de pessoas com a segunda dose em atraso. Entre as 684 mil pessoas que fizeram a primeira dose mas não voltaram ainda para a segunda dentro do prazo preconizado, 290 mil têm entre 12 e 29 anos. Cerca de 223 mil tem 30 anos ou mais, enquanto 170 mil são crianças dos 5 aos 11 anos.

 

Vacinação no RS

Dados até a última quarta-feira (6) mostram que o Rio Grande do Sul já aplicou mais de 25 milhões de doses contra a covid-19 desde janeiro de 2021. Entre a população vacinável (com mais de 5 anos), 93,6% realizou ao menos uma dose, 86,3% completou o esquema primário. Também já são mais de 5,3 milhões de pessoas com a primeira dose de reforço e outras 1,2 milhão com a segunda dose de reforço.


› Compartilhe

  • JDI digital

COLUNAS

Ruminações poéticas

Ruminações poéticas

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Playlist #54

Playlist #54

Pitter Ellwanger   12/08/2022

Ruminações ranzinzas

Ruminações ranzinzas

Pitter Ellwanger   05/08/2022

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela