Polícia Civil prende mais dois indivíduos envolvidos no golpe dos nudes

12/07/2023
Ação faz parte da Operação Lügen – Fase II (Foto: Pixabay)

Ação faz parte da Operação Lügen – Fase II (Foto: Pixabay)

Desencadeada pela Delegacia de Polícia de Dois Irmãos, a Operação Lügen mira dez indivíduos envolvidos em crimes de estelionatos e extorsões. Entre os investigados, estão homens e mulheres. Quatro deles já estão recolhidos no sistema prisional por outros crimes, e outros dois foram presos nesta terça-feira (11), durante a segunda fase da operação. Irmãos, eles são apontados por envolvimento no golpe dos nudes.

De acordo com o delegado Felipe Borba, as prisões ocorreram nesta terça-feira (11), através de mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Poder Judiciário. Uma mulher de 27 anos foi presa em Estância Velha, e o irmão dela, de 25, foi preso em Caxias do Sul. “Eles emprestavam as contas para o recebimento dos depósitos oriundos dos golpes”, esclarece o delegado, mencionando, ainda, que os presos são, respectivamente, companheira e cunhado de um homem foragido da justiça, preso no dia 15 de junho durante a primeira fase da Operação Lügen. A prisão deste terceiro indivíduo também ocorreu em Estância Velha.

Segundo o delegado Borba, as prisões desta terça são, justamente, resultado do trabalho que seguiu sendo realizado após a primeira fase da operação, na qual ocorreu o sequestro de bens, quebras bancárias e análise de documentos e celulares apreendidos. “Demonstramos que os dois participavam ativamente do esquema, operando financeiramente, valendo-se das contas para pulverizar valores ilícitos angariados”, diz o delegado, destacando o que motivou a solicitação das prisões à justiça. “São prisões importantes e que se revelam como imprescindíveis para o combate a este tipo de crime, uma vez que estende a responsabilização criminal não somente a quem diretamente promove as extorsões, mas também a quem opera financeiramente os ganhos, assegurando o proveito do crime”, completa.

 

Delegado reforça alerta sobre o golpe

Muito além dos prejuízos financeiros, o delegado reforça que o golpe dos nudes atinge aspectos delicados da vida íntima das pessoas. “Temos o relato de uma das vítimas desta associação criminosa que, após ser cientificada de que os pagamentos que estaria realizando seriam resultado de um golpe, confidenciou que estava cogitando dar fim à própria vida, em razão da vergonha e do constrangimento”, destacou o delegado Borba, contando que, neste caso, os criminosos se passaram por delegado de polícia para, sob o pretexto de garantir o arquivamento do caso de “pedofilia” – em razão da troca de fotos com uma adolescente –, exigiu o pagamento de 200 reais mensais.

Mais uma vez, a polícia reforça orientações para que outras pessoas não caiam no golpe. “Nossa recomendação é de que as pessoas tenham cautela em relacionamentos virtuais, evitem troca de fotos cuja divulgação possa causar constrangimento, e jamais cedam a qualquer pedido ou exigência de pagamento, pois os criminosos estão justamente à procura de vítimas que demonstrem vulnerabilidade e, assim, identifiquem-se como uma fonte fácil de ganhos. Bloqueie os contatos deste tipo e procure a Polícia Civil em casos suspeitos”, aconselha.

Qualquer informação pode ser repassada para a Delegacia de Dois Irmãos pelo telefone (51) 3564-1190 ou através do WhatsApp (51) 98543-7318, garantindo-se o anonimato.


› Compartilhe

  • JDI digital
  • doação de sangue

FOTOS DO DIA

Natal dos Anjos – Calçadas do Centro recebem tapete vermelho

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2023, Todos os direitos reservados Agência Vela