Oito mulheres registraram ocorrência de violência doméstica em agosto

24/09/2021
(Foto: Arquivo JDI)

(Foto: Arquivo JDI)

De acordo com números divulgados pela Delegacia de Polícia Civil de Dois Irmãos, oito mulheres registraram ocorrência de violência doméstica no mês de agosto, no município. Foi o segundo mês com menos registros em 2021. Em maio, foram 7.

Entre as situações relatadas pelas vítimas, a mais frequente ainda é a de ameaça; foram quatro registros no mês passado. Também foram registradas uma ocorrência por vias de fato, duas por lesão corporal e uma por violação de domicílio. Sete vítimas solicitaram medida protetiva.

Conforme levantamento da polícia, as vítimas tem idades entre 28 e 58 anos e os agressores entre 21 e 57 anos.

 

Total de casos em 2021

De janeiro a agosto de 2021 foram registrados 96 casos de violência doméstica na delegacia de Dois Irmãos (84 ocorreram em Dois Irmãos, 11 em Morro Reuter e 1 em Santa Maria do Herval). Do total, 79 vítimas solicitaram medida protetiva.

 

Janeiro: 17

Fevereiro: 11

Março: 10

Abril: 19

Maio: 7

Junho: 11

Julho: 13

Agosto: 8

 

Denuncie!

Se você é vítima de violência doméstica ou conhece alguém que esteja passando por essa situação, denuncie o caso à rede de proteção. Confira abaixo os órgãos e contatos que podem te ajudar:

– Brigada Militar: 190, 3564-1193 ou 98501-6695 (WhatsApp)

– Polícia Civil: 3564-1190 ou 98543-7318 (WhatsApp)

– Coordenadoria da Mulher: 3564-8875

– Central de Atendimento à Mulher: 180

 

 

*

 

Feminicídios tiveram alta no Estado

O crime que insiste em seguir na direção contrária da tendência verificada em praticamente todos os demais indicadores também evidencia a resistência da sociedade gaúcha em promover uma mudança de cultura voltada ao respeito e a igualdade das mulheres. Em agosto, os feminicídios apresentaram nova alta, passando de quatro casos em 2020 para 13 vítimas neste ano (225%). O dado também impacta no acumulado desde janeiro, que subiu de 57 para 72 assassinatos por motivo de gênero (26%).

Mais uma vez, a estatística também reforça a urgência de ampliar a conscientização de toda a população quanto ao papel fundamental das denúncias, que podem fazer a diferença para salvar vidas. Entre as 13 vítimas de feminicídio em agosto, apenas duas tinham registro de ocorrência anterior contra o agressor. E em nove dos 13 casos o criminoso tinha vínculo amoroso ou familiar com a mulher assassinada. Números que escancaram a importância de parentes, amigos, vizinhos, colegas de trabalho e de escola, ou até mesmo desconhecidos realizarem a denúncia ao primeiro sinal de violência. Quanto mais cedo for levado às autoridades o conhecimento sobre possíveis abusos, maiores são as chances de auxiliar as mulheres vítimas a romperem com o ciclo de violência antes que ele termine em um feminicídio.

No trabalho para frear o aumento desse crime, as forças de segurança têm multiplicado ações para ampliar os canais de comunicação e acolhimento do público feminino, além de intensificar atividades preventivas e a repressão contra os agressores. No início de agosto, com a participação das 23 Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (DEAMs), a Polícia Civil deflagrou a Operação Margaridas, que cumpriu uma centena de mandados de busca e apreensão e de prisão em mais de 150 cidades de todas as regiões do RS.

Apesar da alta nos femincídios, a maioria dos demais indicadores de violência contra a mulher apresentou queda em agosto e, no acumulado de oito meses, o cenário é de retração nos quatro índices: ameaça (-6,6%), lesão corporal (-8,8%), estupros (-0,2%) e tentativa de feminicídios (-16,5%).

 

(Fonte: Secretaria da Segurança Pública)


› Compartilhe

COLUNAS

Renovação de vida (2)

Renovação de vida (2)

Opinião   28/09/2021

Semana Nacional da VIDA

Semana Nacional da VIDA

Opinião   21/09/2021

FOTOS DO DIA

Um bom lugar para um ninho de passarinho (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela