Vereadores pedem providências sobre cães abandonados que atacam pedestres

27/07/2022
Ederson Bueno encaminhou pedido e indicação

Ederson Bueno encaminhou pedido e indicação

O caso de um cachorro que ataca pedestres na Rua Sapiranga foi pauta da Câmara de Vereadores na sessão de segunda-feira (25). Ederson Bueno (MDB) encaminhou o pedido de providência 061/2022, solicitando que o Poder Executivo intervenha neste caso, e ainda apresentou a indicação 018/2022, pedindo que o município intervenha com relação aos cães abandonados em geral, bem como que seja criado um programa de conscientização sobre abandono animal.

– É uma questão que vem atrapalhando bastante alguns munícipes. Recebo muitos relatos, inclusive uma parente minha há poucos dias sofreu um acidente por conta de um cachorro que avançou nela; ela foi fugir, acabou caindo e quebrando os dois punhos. Há outros relatos parecidos: na Rua Sapiranga a gente tem um animal que avança e que morde as pessoas, inclusive no dia de ontem (domingo) mordeu mais uma senhora. A gente vem cobrando medidas da Associação Amigos dos Animais e também da administração, para que o município faça um projeto de conscientização sobre o quanto é negativo quando se abandona um animal na rua e o quanto isso é prejudicial para toda a comunidade. A associação, quando foi cobrada por mim, disse que está com superlotação no canil, então é importante que o município faça alguma coisa em relação a esse assunto – declarou o vereador.

Elony Nyland (MDB) também já recebeu reclamações sobre o assunto.

– Vou verificar junto ao Executivo uma solução para esse problema, não pode ficar assim. Imagina um cachorro na rua que já mordeu várias pessoas e não ter uma solução? Não pode! Tem que dar um jeito de colocar esse cachorro lá no canil ou talvez achar o proprietário de uma chácara – como muitas vezes as chácaras são assaltadas, um bom cachorro é bom para morder os bandidos – afirmou.

Sergio Kroetz (PP) disse que procurou o prefeito Jerri Meneghetti.

– Referente ao caso específico da Rua Sapiranga, onde uma mulher foi mordida no fim de semana, falei com o Jerri, e esse caso já foi resolvido: arrumaram um voluntário para levar em uma chácara. Na Associação dos Animais, realmente quase não tem mais lugar; eles até fizeram um evento na praça para adoção, pois a situação está bem complicada – comentou.

Ederson lembrou que a situação vem de mais tempo.

– São mais de 20 ocorrências de reclamação sobre o animal, e logo no começo eu fui até o prefeito e a gente conversou com a associação, que tinha arrumado alguém para doar ele. Mas a pessoa acabou largando de volta porque ele era muito agressivo – contou o vereador, dizendo que conversou com a entidade nesta segunda e confirmou que o cachorro seria levado para uma chácara nas margens da Estrada Campo Bom.


› Compartilhe

  • JDI digital
  • doação de sangue

COLUNAS

POR ONDE ANDA?

POR ONDE ANDA?

Alan Caldas   08/05/2024

FOTOS DO DIA

O Natal dos Anjos de Dois Irmãos foi destaque no programa Bom Dia Rio Grande (RBS TV) desta sexta-feira, dia 22 (Foto: Divulgação)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2024, Todos os direitos reservados Agência Vela