Novo ensino médio trará mudanças gradativas às salas de aula a partir deste ano

09/02/2022
10 de Setembro: Hellen e Tereza comentam que as mudanças serão gradativas, iniciando pelas turmas do 1º ano do ensino médio

10 de Setembro: Hellen e Tereza comentam que as mudanças serão gradativas, iniciando pelas turmas do 1º ano do ensino médio

Faltando duas semanas para o início do ano letivo nas escolas estaduais, alunos, professores e equipes diretivas vivem a expectativa das mudanças que ocorrerão em razão da implantação do novo ensino médio, que começa a fazer parte da realidade das escolas públicas e privadas a partir deste ano. Porém, segundo educadores, não há razão para desespero, uma vez que esta implantação deverá ocorrer de maneira gradativa, a princípio, até 2024. 

Na escola estadual 10 de Setembro, por exemplo, as mudanças que ocorrerão dizem respeito, apenas, às turmas de 1º ano do ensino médio. Em 2022, são quatro turmas, somando aproximadamente 120 alunos do diurno e noturno. De acordo com a vice-diretora e coordenadora pedagógica, Hellen Martins, a única mudança diz respeito à grade curricular destas quatro turmas. Segundo ela, foram retiradas do currículo quatro disciplinas: Arte, Espanhol, Ensino Religioso e Sociologia. Porém, foram acrescentadas outras três: Mundo do Trabalho, Cultura e Tecnologias Digitais e Projeto de Vida.

Sobre as alterações, especificamente sobre as disciplinas retiradas do currículo, Hellen afirma que nada impede que assuntos relacionados às mesmas sejam abordados dentro das quatro áreas educacionais que compõe a grade curricular do 1º ano, áreas estas que já faziam parte da realidade dos alunos do 10. As áreas às quais a educadora se refere são: linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e sociais aplicadas.

A respeito das novas disciplinas, a diretora Tereza Mayumi Orita, que assumiu o cargo este ano, comenta que um dos grandes objetivos é preparar os alunos para o mercado de trabalho, o que, indiretamente, a escola já vinha fazendo em sala de aula através de diversas disciplinas. Segundo ela, a escola já se tornou referência para muitas empresas da região que buscam jovens para estágio ou para programas como o Jovem Aprendiz. “Estas novas disciplinas chegam para que os alunos se conheçam cada vez mais e percebam o que o mundo espera deles”, diz ela, destacando que o desejo é de que os estudantes desenvolvam as suas potencialidades. “Queremos abrir novos horizontes, dar possibilidades de buscarem caminhos diferentes; queremos dar asas a eles”, completa a diretora.

 

Professores participam de formações desde 2021

De acordo com Hellen, a Secretaria Estadual de Educação vem ofertando cursos para a formação de professores desde 2021, visando a qualificação dos mesmos para a implantação do novo ensino médio. “É uma adaptação para os educadores, para a escola. Estamos estudando muito; foi algo que nos tirou da zona de conforto”, diz ela, comentando que direção e coordenação pedagógica buscam estar lado a lado com os professores, visando facilitar este processo. “Vamos continuar sendo uma escola de qualidade. Vamos seguir estudando, ajudando os professores, para que este conhecimento seja repassado aos alunos”, completa Hellen, na expectativa do retorno das aulas presenciais e de um ano letivo de muito aprendizado. “Que dia 21 abram-se as portas e nossos alunos entrem trazendo muita alegria e movimento à escola, porque escola é isso, é movimento”, diz ela.

Fazendo parte da equipe do 10 há mais de 20 anos, a diretora Tereza traz tranqüilidade ao processo. “Os alunos sabiam que iriam ocorrer mudanças. Alguns estão, sim, apreensivos, mas creio que nossos professores irão passar tranquilidade a eles. Iremos aprender o novo com calma e comprometimento. Além disso, nós, direção e coordenação pedagógica, estamos aqui para tirar todas as dúvidas dos alunos e das famílias”, completa.

 

Carga horária segue a mesma

Uma das mudanças do novo ensino médio diz respeito às horas-aula, que prevê cinco horas diárias, que somam, no total, 1.500 horas no ano. Porém, esta já era a carga horária na escola 10 de Setembro, logo não haverá mudanças neste sentido.


› Compartilhe

  • doação de sangue
  • Instagram

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela