Vereadores pedem maior atenção no atendimento da saúde pública

09/02/2022
(Foto: Divulgação / Câmara)

(Foto: Divulgação / Câmara)

Saúde é um tema recorrente nas manifestações de vereadores em Dois Irmãos. A primeira sessão ordinária de 2022, na última segunda-feira (7), voltou a ter cobranças sobre a administração municipal, principalmente em relação ao atendimento na Emergência 24h.

– A coisa está caminhando de mal a pior. Em vez de chamarem médico na nova Emergência, eles chamam vereador para ir lá resolver problema. Domingo retrasado, 10h da noite, me chamaram porque uma criança tinha ido a quarta vez e não tinham mandado fazer um exame nela. Isso aí é ser responsável? Essas coisas vêm acontecendo e a gente tem que cobrar. Tem muita reclamação de várias áreas – declarou Paulino Renz (PDT).

O vereador cobrou maior atenção do prefeito Jerri Meneghetti:

– Faço um apelo ao nosso prefeito Jerri, que ele dê mais atenção à saúde, que ele saia um pouco do gabinete e vá ver como está a nossa cidade, porque ela não está andando como tem que andar. Se ele não quer me responder pelo Whats, não precisa; só vá atrás dos problemas que tem na cidade, pois a maioria é eleitor dele. Se não quer respeitar o vereador Paulino, que respeite eles. Eu não falo as coisas aqui na tribuna para agradar ele.

Darlei Kaufmann (PSB) fez uma crítica específica à recepção da Emergência.

– A sala, que a princípio foi projetada para 40 pessoas, não suporta esse número. O calor, com o sol batendo nas vidraças, é insuportável. Um número enorme de pessoas fica na rua por causa do calor. Houve erro de planejamento, e cabe a nós, junto com o Executivo e o Conselho da Saúde, achar uma solução. Da mesma forma, volto a insistir na busca por um plano B para a administração do nosso hospital. Não descansarei enquanto não tivermos um atendimento mais humanizado em todos os setores da administração pública – comentou.

Elony Nyland (MDB) sugeriu convocar os responsáveis para esclarecimentos:

– Quero fazer uma provocação aqui, para que nós, nove vereadores, já neste primeiro mês, convoquemos o diretor do hospital (São José) ou a secretária (da Saúde) para verificar o que está acontecendo, quais são os problemas do dia a dia e as reclamações. Se tem problemas, vamos sentar e fazer uma reunião.

 

*

Vereadora cobra ações nas áreas de habitação popular e meio ambiente

Em sua primeira manifestação na tribuna, a vereadora Sheila da Silva (PT) lembrou algumas indicações feitas no ano passado e que não tiveram andamento.

– Das indicações que encaminhei no ano anterior, peço que seja repensada a instalação de pontos de coleta para resíduos domésticos, como pilhas, lâmpadas queimadas, vidros quebrados e óleo de cozinha, junto à cerca das escolas, mediante o recuo das telas. Recebi a justificativa de que já há pontos de coleta na cidade, mas ainda não existe um sistema totalmente organizado de descarte de vidros, lâmpadas e óleo de cozinha. Pontos de coleta junto às escolas obviamente que estariam mais acessíveis à população.

Ela também voltou ao tema da habitação popular.

– É urgente que se pense em um programa habitacional acessível às pessoas que ainda não têm o sonho da casa própria realizado. Não é possível que em uma cidade como a nossa ainda exista gente pagando aluguel; tem muitas famílias com dificuldade em pagar considerando o valor exorbitante dos aluguéis. As famílias sequer têm chance de fazer alguma reserva financeira para aquisição de um terreno. A pauta da moradia eu quero que seja considerada e precisa ser urgentemente tratada nesta casa – declarou Sheila.

Por fim, a vereador chamou atenção para uma questão de meio ambiente:

– Não sei se vocês tiveram a oportunidade de observar a área ao lado do Parcão, que está isolada por tapumes e tem uma placa na frente sinalizando ‘área de recuperação ambiental’; inclusive nesta placa consta o número do Departamento de Meio Ambiente para maiores esclarecimentos. Recebemos denúncia de que nesta área há um projeto de construção de um prédio. Não quero crer que essa informação proceda, porque a área ao lado do Parcão é uma área totalmente arborizada, riquíssima em flora e fauna, com veios de água, vertentes; é habitat inclusive de animais como bugios. É obrigação do poder público preservar essa área, como penso que estão fazendo. Só espero que em gabinete não haja negociações com donos de imobiliária e construtoras para construção de prédio e destruição da área. Proponho que fiquemos atentos e vigilantes a essa questão.

 

Avenida João Klauck

Darlei Kaufmann (PSB) reforçou a necessidade de soluções para a Avenida João Klauck.

– A cidade vem crescendo num ritmo muito grande, diria até fora da curva se comparado a outros tantos municípios. Com isso, também crescem os problemas, e dentro destes problemas, volto a reforçar um pedido feito ao prefeito Jerri para que a gente não economize recursos e esforços na Avenida João Klauck. Pedi mais iluminação e precisamos ver urgente a questão dos passeios, para que tenhamos passeios dos dois lados – hoje tem muita gente caminhando na rua, dos dois lados, em toda a sua extensão. Também vou conversar com o Departamento do Trânsito: precisamos definir um horário para carga e descarga de caminhões naquela avenida. Temos momentos de fluxo muito intenso, e estamos colocando a vida das pessoas em risco – alertou o vereador.

 

Obras em 2022

Ederson Bueno (MDB) destacou grandes obras que devem sair do papel em 2022.

– O município tem o terreno pronto, já está sendo trabalhado para a escola no bairro União. Será uma escola de alto padrão, de três andares, para atender quase 600 alunos. A demanda vem crescendo muito, as escolas estão com superlotação, então vai ser uma obra muito importante para o município, que deve ser iniciada nos próximos dias. Provavelmente neste ano também se iniciam as obras da ponte (que liga o Centro aos bairros Vila Rosa e São João). Houve um pequeno contratempo da contratação do projeto, mas já está sendo resolvido. Também serão muitas as ruas asfaltadas, 10 com recurso livre do município; a primeira a ser asfaltada será a Rua da Figueira, no Moinho Velho. Sem contar as que serão feitas através de emenda federal – projetou.

 

Vacinação contra Covid-19

Sergio Kroetz (PP) reiterou a importância da vacinação contra a Covid-19:

– Tivemos um ano atípico devido a pandemia. Quem não lembra do caos que foi no mês de março? Graças a Deus, vieram as vacinas, então quero fazer um pedido: quem ainda não fez a vacina, que o faça. Imagina se hoje não tivéssemos as vacinas, pois essa nova onda é muito mais perigosa no sentido de contrair, mas ela perdeu a força de ser letal graças às vacinas. Se alguém tiver um conhecido que não ainda fez a vacina, peça para fazer.


› Compartilhe

  • Instagram
  • doação de sangue

FOTOS DO DIA

Sentinela – De olhar atento a todos os movimentos (Foto: Octacílio Freitas Dias)

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2022, Todos os direitos reservados Agência Vela