“Não existe alternativa, todos os municípios terão que cumprir”, diz Jerri

26/02/2021
(Foto: Arquivo JDI)

(Foto: Arquivo JDI)

Procurado pela redação do JDI, nesta sexta-feira (26), o prefeito Jerri Meneghetti afirmou que Dois Irmãos cumprirá a determinação do governo estadual. A partir deste sábado (27), conforme anunciado pelo governador Eduardo Leite, todas as regiões terão que obedecer aos protocolos da bandeira preta e não será possível adotar a cogestão.

– Não existe alternativa, todos os municípios terão que cumprir com os regramentos da bandeira preta. O governador já disse que não haverá exceção e que não aceitará recursos – comentou Jerri.

Ele lamentou a suspensão do sistema de cogestão.

– Lutamos desde a semana passada para conseguir a cogestão, que nos permitiu flexibilizar e só fechar no período noturno (20h às 5h), que, no nosso entendimento, é o que está causando a superlotação na área da saúde. É nesse período que estão ocorrendo os maiores índices de contaminação, pois esse público está levando (o vírus) para casa. Infelizmente, o governador não deu esse tempo para a nossa região e as demais, de esperar o resultado desta nova cogestão que foi proposta. Ela começou a valer na terça-feira (23) e na quinta (25) já veio outra decisão do governo. Os reflexos deste modelo que começamos a adotar viriam nos próximos dias, não agora. É uma pena que o governo tenha tomado essa atitude mais radical sem esperar o resultado da nova cogestão – observou.

Jerri também criticou a demora na chegada de novas remessas de vacina.

– A gente lamenta que o programa de vacinação esteja andando tão devagar. Muito provavelmente, agora com a autorização do Supremo (Tribunal Federal), os municípios vão acabar se mobilizando para adquirir vacinas, porque das outras esferas de governo não está vindo a contento. Imaginávamos que teríamos doses para aplicar semanalmente, e não é o que está acontece – protestou.

 

Cooperação e compreensão neste momento

O prefeito destacou ainda que o município tem feito a sua parte.

– Os governos (estadual e federal) tiveram um ano, desde o início da pandemia, para tentar adequar os espaços de atendimento na saúde, com UTIs, e lamentavelmente não foi o que aconteceu. Aqui na cidade, estamos fazendo a nossa parte: temos uma estrutura que o porte do nosso hospital permite, com leitos clínicos para atendimento a pacientes Covid – sem superlotação – e temos os demais serviços na área da saúde em funcionamento. No entanto, essa peculiaridade de muitos municípios como Dois Irmãos não foi levada em consideração.

Por fim, Jerri reforçou a necessidade de todos cumprirem com os protocolos.

– Esperamos que seja só até o dia 7 mesmo, que depois seja aceita novamente a cogestão e que nós possamos conduzir as coisas com um pouco mais de tranquilidade. A gente pede a cooperação e a compreensão da população neste momento. Temos consciência da situação em que se encontram as UTIs do Estado, mas acredito que a cogestão funcionaria e diminuiria os índices de contaminação. A gente pede que as pessoas continuem se cuidando, evitem a propagação do vírus e mantenham as etiquetas de higiene. Esperamos que as regras sejam respeitadas para que a gente não tenha maiores problemas com os órgãos de fiscalização – concluiu.


› Compartilhe

COLUNAS

Maid e Masculinidade

Maid e Masculinidade

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Playlist #22

Playlist #22

Pitter Ellwanger   19/11/2021

Um mundo melhor está próximo!

Um mundo melhor está próximo!

Coluna da Fé   09/11/2021

FOTOS DO DIA

A cidade cresce e a paisagem muda (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • Assinatura digital

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Jornal Dois Irmãos © 2021, Todos os direitos reservados Agência Vela