“O crime organizado está migrando para os estelionatos e grandes golpes na internet”

Opinião 14/02/2020
Por Rafael Sauthier*

Por Rafael Sauthier*

Nos últimos tempos, tem-se observado que o crime organizado está visivelmente migrando para os grandes golpes e estelionatos, especialmente aqueles perpetrados na internet e nas redes sociais. São os chamados crimes cibernéticos. 
Facebook, Messenger, Market Place, WhatsApp, Instagram, OLX, Mercado Livre e outros aplicativos e plataformas de negócios são um prato cheio aos malandros de plantão. A facilidade na consumação destes crimes, os grandes valores envolvidos e pelo fato de dispensarem ações violentas e armadas, tem sido atrativos para que os criminosos procurem. Ainda que deixem vestígios rastreáveis numa investigação, os delinquentes têm diversos mecanismos para iludir a investigação. A polícia obtém quebra de sigilo bancário e assim rastreia o CPF de uma conta na qual foi depositado algum valor e, quando chega até o titular, frequentemente é um agricultor muito humilde que sequer sabe o que significa a palavra “rede social”, e que nunca teve conta corrente. Um laranja inocente. Ou então, um uber é contratado para pegar a mercadoria junto ao vendedor vítima do golpe. Ao se chegar no motorista, ele refere que deixou o bem na frente de uma casa. Mas aí se constata que a casa é um imóvel aleatório, e que os estelionatários apenas aguardaram o desembarque do bem para colocarem em outro veículo nas proximidades. 
Muito frequentes tem sido aqueles golpistas que se utilizam de contas fake nas redes sociais em nome dos agentes da lei. Os falsários se fazem passar por delegados de polícia, policiais militares, policiais rodoviários federais, oficiais de justiça, dentre outros. As pessoas, iludidas, pensam estar negociando com pessoas idôneas e acima de qualquer suspeita. Ledo engano. São golpistas. Neste contexto, a Lei “anti-crime”, proposta pelo ministro Sérgio Moro e desfigurada no Congresso, e que recentemente entrou em vigor, trouxe a previsão de representação nos casos de crimes de estelionato. Isto significa que agora, para que qualquer investigação ou denúncia do Ministério Público possa prosseguir, há a necessidade de um pedido-autorização da vítima. Antes, bastava o fato chegar ao conhecimento da polícia que a investigação iniciava. Agora, faz-se essa nova exigência. Convenhamos, uma medida totalmente na contramão da realidade. O crime avança, e a lei, ao invés de combatê-lo, facilita as coisas. 
Neste caso, a lei “anticrime” serviu mais de lei “pró-crime”. Lamentável. Nosso Congresso se supera a cada dia.


(*) Rafael Sauthier é Delegado de Polícia há 18 anos e exerce suas atividades no Vale do Sinos. Também é mestre em Ciências Criminais pela PUC RS e professor de Direito Processual Penal na Faccat


› Compartilhe

COLUNAS

P. Leomar Erlei Fenner / Comunidade Evangélica – IECLB

Viver sem pressa, para viver melhor

Coluna da Fé 14/02/2020

“Existe um tempo certo e um modo certo 
de fazer cada coisa&...

Pa. Cláudia P. S. Pacheco / Comunidade Evangélica – IECLB

Quem nunca fez isso quando criança? Olhar as nuvens no céu...

Coluna da Fé 07/02/2020

“O céu e a terra desparecerão, 
mas as minhas palavras ficarão para sempre.” 

Por Rafael Sauthier*

A solução para as finanças públicas está indo na direção errada

Opinião 18/12/2019

Estamos vivendo um momento difícil para as finanças públicas. No Rio Grande do Sul, em particular, a crise é antiga e s...

Por Rafael Sauthier*

A responsabilidade das mulheres nos casos de violência contra a mulher

Opinião 11/12/2019

Embora frequente, a violência contra a mulher não é um fenômeno social novo. Atinge todas as camadas sociais. É co...

  • Anúncio Jornal

COLUNAS

Poeta, socorro!

Poeta, socorro!

Pitter Ellwanger   24/02/2020

Playlist #17

Playlist #17

Pitter Ellwanger   24/02/2020

Um entardecer inesquecível no templo

Um entardecer inesquecível no templo

Coluna da Fé   21/02/2020

Tempo novo, vida nova

Tempo novo, vida nova

Coluna da Fé   20/02/2020

Viver sem pressa, para viver melhor

Viver sem pressa, para viver melhor

Coluna da Fé   14/02/2020

Um beijo constrangedor

Um beijo constrangedor

Opinião   07/02/2020

A cultura da violência

A cultura da violência

Opinião   30/01/2020

A pedra

A pedra

Coluna da Fé   30/01/2020

Alerta contra o Coronavírus!

Alerta contra o Coronavírus!

Coluna da Fé   29/01/2020

Fé na mudança

Fé na mudança

Pitter Ellwanger   27/01/2020

Playlist #16

Playlist #16

Pitter Ellwanger   27/01/2020

Já estamos vivendo 2020!

Já estamos vivendo 2020!

Coluna da Fé   08/01/2020

BRILHO... BRILHO...

BRILHO... BRILHO...

Coluna da Fé   08/01/2020

É Natal mais uma vez?

É Natal mais uma vez?

Coluna da Fé   18/12/2019

Advento: O simbolismo da Coroa

Advento: O simbolismo da Coroa

Coluna da Fé   11/12/2019

Direitos Humanos

Direitos Humanos

Coluna da Fé   04/12/2019

Misericórdia

Misericórdia

Opinião   27/11/2019

Sob as asas da graça de Deus

Sob as asas da graça de Deus

Coluna da Fé   27/11/2019

O Poder da Oração

O Poder da Oração

Coluna da Fé   27/11/2019

Sobre fazer nada

Sobre fazer nada

Pitter Ellwanger   14/11/2019

Playlist #15

Playlist #15

Pitter Ellwanger   14/11/2019

É TEMPO DE PROSPECTUS!

É TEMPO DE PROSPECTUS!

Coluna da Fé   29/10/2019

De quem é a responsabilidade?

De quem é a responsabilidade?

Opinião   15/10/2019

Honra aos professores!

Honra aos professores!

Coluna da Fé   15/10/2019

Inveja merecida

Inveja merecida

Pitter Ellwanger   11/10/2019

Playlist #14

Playlist #14

Pitter Ellwanger   11/10/2019

Sínodo da Amazônia

Sínodo da Amazônia

Coluna da Fé   09/10/2019

Muralhas

Muralhas

Coluna da Fé   04/10/2019

“NÃO DÁ NADA”

“NÃO DÁ NADA”

Opinião   01/10/2019

E que a terra te seja leve!

E que a terra te seja leve!

Alan Caldas   30/08/2019

Tolerância intolerável

Tolerância intolerável

Pitter Ellwanger   30/08/2019

Playlist #13

Playlist #13

Pitter Ellwanger   30/08/2019

Isso era no tempo da tua avó!

Isso era no tempo da tua avó!

Alan Caldas   23/08/2019

Sobre desperdício

Sobre desperdício

Pitter Ellwanger   23/08/2019

Playlist #12

Playlist #12

Pitter Ellwanger   23/08/2019

E a dor de barriga?

E a dor de barriga?

Pitter Ellwanger   17/08/2019

Playlist #11

Playlist #11

Pitter Ellwanger   17/08/2019

Você tem saudade de quê?

Você tem saudade de quê?

Alan Caldas   09/08/2019

Iguais e diferentes

Iguais e diferentes

Pitter Ellwanger   27/07/2019

Playlist #10

Playlist #10

Pitter Ellwanger   27/07/2019

Meio século de esperança

Meio século de esperança

Alan Caldas   19/07/2019

Com o tempo você . . .

Com o tempo você . . .

Alan Caldas   12/07/2019

Na certeza, duvide

Na certeza, duvide

Pitter Ellwanger   12/07/2019

Playlist #9

Playlist #9

Pitter Ellwanger   12/07/2019

Elas sempre sabem

Elas sempre sabem

Pitter Ellwanger   09/07/2019

Playlist #8

Playlist #8

Pitter Ellwanger   09/07/2019

Nunca é demais

Nunca é demais

Pitter Ellwanger   01/07/2019

Playlist #7

Playlist #7

Pitter Ellwanger   01/07/2019

Retalhos

Retalhos

Pitter Ellwanger   21/06/2019

Playlist #6

Playlist #6

Pitter Ellwanger   21/06/2019

Longa vida ao menino

Longa vida ao menino

Pitter Ellwanger   14/06/2019

Playlist #5

Playlist #5

Pitter Ellwanger   14/06/2019

Alguém já viu o bicho da chuva?

Alguém já viu o bicho da chuva?

Alan Caldas   03/06/2019

Rótulos simpáticos

Rótulos simpáticos

Pitter Ellwanger   01/06/2019

Playlist #4

Playlist #4

Pitter Ellwanger   01/06/2019

A culpa é do celular

A culpa é do celular

Pitter Ellwanger   29/05/2019

Playlist #3

Playlist #3

Pitter Ellwanger   29/05/2019

Playlist #2

Playlist #2

Pitter Ellwanger   21/05/2019

Querer é poder?

Querer é poder?

Pitter Ellwanger   21/05/2019

Muito a evoluir

Muito a evoluir

Pitter Ellwanger   18/04/2019

Playlist #1

Playlist #1

Pitter Ellwanger   18/04/2019

FOTOS DO DIA

Verão inesquecível – Estação vem batendo recordes, com dias sucessivos de forte calor (Foto: Octacílio Freitas Dias)

  • JDI assinatura
  • JDI classificados

O Jornal Dois Irmãos foi fundado em 1983. Sua missão é interligar as pessoas da cidade, levando-lhes informações verdadeiras sobre todos os setores da sociedade local, regional, estadual e nacional.

SAIBA MAIS

SIGA-NOS!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS